Cuidador de Idosos

O cuidador de idosos, também chamado de acompanhante, é o profissional que, como o nome já diz, trabalha cuidando de idosos, assim como de doentes e portadores de deficiência. O trabalho envolve acompanhar, dar remédios, fazer e servir suas refeições, cuidar do bem-estar, saúde, higiene e lazer e também auxiliá-los em tarefas do dia-a-dia.

Cuidador de Idosos

Atribuições profissionais do Cuidador de Idosos:

- Fazer companhia
- Dar remédios de acordo com a prescrição médica
- Cuidar da higiene pessoal do acompanhado (no caso deste não conseguir realizá-la)
- Preparar ou cuidar do preparo das refeições, para sejam de acordo com a orientação médica/nutricional
- Servir as refeições
- Levar o acompanhado para exercícios físicos e passeios autorizados pelo médico
- Levar o acompanhado à consultas médicas, fisioterapia, etc.
- Prezar pelo bem-estar, lazer do acompanhado
- Prestar auxílio em tarefas cotidianas do acompanhado
- Observar por possíveis problemas de saúde e conhecer os procedimentos requeridos em cada caso
- Manter-se em contato com os familiares do acompanhado e informá-los do estado de saúde e atividades realizadas
- Manter-se em contato com o médico do acompanhado

Formação do profissional

Este profissional não requer uma formação específica para atuar, entretanto, ao contratar, muitas famílias requerem ou mesmo exigem que o cuidador tenha cursos na área, que podem ser de enfermagem, primeiro-socorros ou até especificamente uma graduação em enfermagem. Atualmente, já se encontra cursos específicos de cuidado e acompanhamento de idosos ou de pessoas com alguma deficiência. Assim, para que este profissional se desenvolva e se destaque na área, é necessário que esteja sempre se atualizando e realizando cursos que agreguem a seu campo de atuação, participando de workshops, palestras etc.

Quais características são necessárias para esta profissão?

- Gostar de cuidar de pessoas
- Paciência
- Responsabilidade
- Sensibilidade
- Simpatia
- Organização
- Dinamismo
- Delicadeza
- Flexibilidade
- Constante atualização profissional
- Metodologia

O Mercado de Trabalho

O cuidador de idosos pode trabalhar na casa do acompanhado, assim como em conjunto com equipes de profissionais, em asilos, hospitais e casas de saúde. É um mercado que vem crescendo muito a cada ano, pelo fato da medicina e novas tecnologias estarem possibilitando um aumento regular da expectativa de vida da população, com mais qualidade. A maioria dos cuidadores costuma trabalhar na casa do acompanhado, pela individualidade do cuidado, que melhora a qualidade do serviço.

Faixa Salarial

Pelo fato da profissão não ser considerada uma classe profissional perante a lei, não possui uma faixa salarial própria. Para o cuidador de idosos que está iniciando, portanto não tem experiência na área, o salário inicial então é o mínimo, R$ 678,00 (em 2013). Entretanto, cuidadores mais experientes, com cursos e especializações, boa referências, qualificação, podem receber na faixa de R$ 1.500,00 - R$ 2.000,00.

Cursos indicados para esta profissão: