relógio e calendário em referencia as jornadas de trabalho.

Como funciona uma jornada de trabalho de 12×36: regras e direitos

Uma jornada de trabalho de 12×36 é um modelo de trabalho que permite ao colaborador trabalhar por 12 horas seguidas e descansar nas próximas 36 horas. Essa jornada é comum em setores que necessitam de operação contínua, como saúde e segurança.

Nesse modelo de trabalho, o colaborador trabalha por 12 horas seguidas, com um intervalo intrajornada de uma hora para almoço ou jantar. Após o fim da jornada de trabalho, o colaborador tem direito a um período de descanso de 36 horas consecutivas. Esse período de descanso é importante para garantir a saúde e o bem-estar do trabalhador, além de evitar a fadiga e o estresse.

A jornada de trabalho de 12×36 é regulamentada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e tem sido cada vez mais adotada por empresas que buscam flexibilizar a jornada de trabalho de seus colaboradores. Apesar de ser uma jornada extensa, ela pode ser uma opção interessante para quem busca conciliar trabalho e vida pessoal, já que permite um período de descanso mais longo.

Definição da jornada 12×36

A jornada de trabalho de 12×36 é uma modalidade de trabalho que permite ao colaborador trabalhar por 12 horas seguidas, com um intervalo intrajornada de uma hora para almoço ou jantar, e descansar nas 36 horas consecutivas seguintes. Essa jornada é comum em setores que necessitam de operação contínua, como saúde e segurança.

De acordo com a Nova CLT, a jornada de trabalho 12×36 é uma das formas de jornada de trabalho que pode ser adotada pelas empresas. Ela é mais comum em profissões que exigem plantões, como bombeiros, policiais, médicos, enfermeiras, portarias e áreas da segurança.

A jornada de trabalho 12×36 é regulamentada pela Constituição Federal e pela CLT. Ela é considerada uma jornada diferenciada, pois permite ao trabalhador uma folga maior, o que é benéfico para a sua saúde e bem-estar. Além disso, a jornada 12×36 permite uma maior flexibilidade na organização do trabalho, o que pode ser vantajoso para a empresa.

No entanto, é importante ressaltar que a jornada de trabalho 12×36 deve ser acordada entre empregador e empregado, e deve ser registrada em contrato de trabalho. Além disso, a jornada de trabalho 12×36 deve respeitar os limites legais de horas trabalhadas e de descanso, para garantir a saúde e a segurança do trabalhador.

Legislação e normas regulamentadoras

Consolidação das leis do trabalho (CLT)

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é a principal norma que rege as relações trabalhistas no Brasil. Ela define as regras que devem ser seguidas pelos empregadores e empregados, incluindo as questões relacionadas à jornada de trabalho. De acordo com a CLT, a jornada de trabalho não pode ultrapassar 8 horas diárias e 44 horas semanais, salvo algumas exceções.

Uma dessas exceções é a jornada de trabalho 12×36, que é permitida em algumas situações específicas. Essa jornada de trabalho consiste em trabalhar por 12 horas seguidas, seguidas por 36 horas de descanso.

Acordos e convenções coletivas

Além da CLT, os acordos e convenções coletivas também podem estabelecer as regras para a jornada de trabalho 12×36. Segundo a Reforma Trabalhista de 2017, a jornada de trabalho 12×36 pode ser implementada por meio de acordo individual, desde que não haja prejuízo ao trabalhador.

No entanto, é importante ressaltar que a jornada de trabalho 12×36 deve estar prevista em acordo coletivo de trabalho, convenção coletiva ou por lei. Além disso, o empregador deve garantir condições adequadas de trabalho e de descanso aos seus colaboradores, de acordo com as normas regulamentadoras.

duas pessoas apertando as mãos em sinal de acordo.

Direitos do trabalhador

Os trabalhadores que cumprem a jornada de trabalho de 12×36 têm direitos garantidos pela legislação trabalhista. Abaixo, estão listados alguns desses direitos:

Horas extras

Dado a natureza da jornada 12×36 é inviável a realização de hora extra, já que esse carga horário opera como uma exceção as 44 horas semanais, sendo proibido a realização de horas extras.

Descanso semanal remunerado

O descanso semanal remunerado é um direito garantido pela CLT. Para os trabalhadores que cumprem a jornada de trabalho de 12×36, o descanso semanal ocorre já no período das 36 horas após as 12 horas trabalhadas, portanto não possui folgas além dessa.

Adicionais noturnos e de periculosidade

Os trabalhadores que cumprem a jornada de trabalho de 12×36 têm direito a receber adicional noturno caso trabalhem entre as 22h e as 5h do dia seguinte. O adicional noturno deve ser de, no mínimo, 20% sobre o valor da hora normal de trabalho.

Além disso, caso o trabalhador exerça atividades consideradas perigosas, ele tem direito a receber um adicional de periculosidade. O adicional de periculosidade é de 30% sobre o salário base do trabalhador.

Deveres do empregador

Ao adotar a jornada de trabalho 12×36, é importante que o empregador esteja ciente de suas obrigações e responsabilidades para com os seus funcionários. Alguns dos deveres do empregador incluem:

Registro de ponto

O empregador é responsável por manter um registro preciso e confiável do ponto dos seus funcionários. Isso inclui registrar a hora de entrada e saída de cada empregado, bem como os intervalos para refeição e descanso. É importante que o registro de ponto seja feito de forma clara e objetiva, para evitar possíveis conflitos trabalhistas.

O registro do ponto também é importante para caso houver problemas com o contratante e uma ação precisar ser movida. Possuindo todos os registros de entrada e saída você possui um argumento e provas fortes para serem usadas no tribunal.

trabalhador realizando o cadastro do ponto eletrônico de jornada de trabalho.

Concessão de intervalos

Outro dever do empregador é conceder os intervalos para refeição e descanso previstos em lei. Na jornada de trabalho 12×36, o empregado tem direito a um intervalo de uma hora para refeição. É importante que o empregador respeite esse intervalo, para garantir a saúde e bem-estar dos seus funcionários.

Pagamento de salários

Por fim, o empregador deve garantir o pagamento correto dos salários dos seus funcionários. O salário deve ser calculado com base na remuneração horária do empregado, levando em consideração adicional noturno. O empregador também deve estar atento aos feriados e datas comemorativas, para garantir o pagamento correto dos salários nesses períodos.

porteiro sorrindo no saguão de entrada de um estabelecimento.
Ao adotar a jornada de trabalho 12×36, o empregador deve estar ciente de suas obrigações e responsabilidades para com os seus funcionários.

Escala de trabalho e folgas

A jornada 12×36 é comum em profissões que exigem plantões, como bombeiros, policiais, enfermeiros, médicos, seguranças, porteiros, entre outros. Durante as 12 horas de trabalho, o colaborador pode ter direito a intervalos de descanso e alimentação, que devem ser respeitados pela empresa.

Após as 12 horas de trabalho, o colaborador tem direito a 36 horas de descanso ininterruptas. Essas horas de descanso devem ser respeitadas pela empresa, e o colaborador não pode ser convocado a trabalhar durante esse período.

É importante que a empresa esteja atenta às regras trabalhistas e respeite as horas de trabalho e descanso dos colaboradores. Caso contrário, pode haver penalidades e ações judiciais por parte dos trabalhadores.

carteira de trabalho, caneta e calculadora sobre a mesa, para calculo de seguro-desemprego
É importante que o colaborador esteja ciente dos seus direitos e deveres, e que saiba como proceder caso a empresa não esteja cumprindo com as regras trabalhistas.

Impactos na saúde do trabalhador

Trabalhar em uma jornada de 12×36 pode ter impactos significativos na saúde do trabalhador. Essa carga horária pode causar fadiga e estresse, o que pode levar a problemas de saúde física e mental. Nesta seção, serão discutidos os principais impactos que essa jornada pode ter na saúde do trabalhador.

Carga horária e fadiga

A jornada de trabalho 12×36 é uma das mais extenuantes em termos de carga horária. O trabalhador é obrigado a trabalhar por 12 horas seguidas, o que pode causar fadiga e exaustão. A falta de sono adequado pode afetar o desempenho do trabalhador, aumentando o risco de acidentes e erros no trabalho. Além disso, a fadiga pode levar a problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão.

Para evitar esses problemas, é importante que os empregadores forneçam pausas adequadas durante o trabalho e permitam que os trabalhadores tenham tempo suficiente para descansar entre as jornadas. Também é importante que os trabalhadores tenham um ambiente de trabalho seguro e saudável, com iluminação adequada, temperatura confortável e equipamentos ergonômicos.

Qualidade de vida e ergonomia

A jornada de trabalho 12×36 também pode afetar a qualidade de vida do trabalhador. A falta de tempo livre pode afetar o relacionamento com a família e amigos, e também pode afetar a saúde mental do trabalhador. Além disso, a falta de atividade física pode levar a problemas de saúde, como obesidade e doenças cardíacas.

Para melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores, é importante que os empregadores forneçam um ambiente de trabalho seguro e saudável. Isso inclui equipamentos ergonômicos, como cadeiras confortáveis e mesas ajustáveis, para evitar problemas de postura e lesões relacionadas ao trabalho. Também é importante que os trabalhadores tenham acesso a atividades físicas, como ginástica laboral, para manter a saúde física e mental.

Quem trabalha em jornada 12×36?

Na jornada de trabalho de 12×36, existem algumas exceções e casos especiais que devem ser considerados. Abaixo estão algumas informações importantes sobre esses casos.

Profissionais de saúde

Os profissionais de saúde são os principais beneficiários da jornada de trabalho de 12×36. Essa modalidade de trabalho é bastante comum em hospitais, clínicas e outros estabelecimentos de saúde.

De acordo com a Nova CLT, os profissionais de saúde que trabalham em jornada de 12×36 não podem fazer hora extra devido a natureza diferenciada da jornada. Além disso, a legislação prevê que esses profissionais devem ter um intervalo intrajornada de uma hora para repouso ou alimentação.

médicos e socorristas empurrando uma maca em um corredor de hospital.

Serviços essenciais

Os serviços essenciais, como segurança, vigilância, portaria, bombeiros, e montadoras de veículos, também são beneficiários da jornada de trabalho de 12×36. Essa modalidade de trabalho é bastante comum nesses setores, pois permite que as empresas mantenham a operação contínua.

De acordo com a Nova CLT, as empresas que adotam a jornada de trabalho de 12×36 devem pagar o adicional noturno aos trabalhadores que trabalham entre as 22h e as 5h. Além disso, em caso de feriados, a empresa deverá pagar em dobro o período.

É importante lembrar que, apesar de ser uma jornada de trabalho diferenciada, a jornada de 12×36 deve respeitar as mesmas normas de segurança e saúde do trabalho que as demais jornadas de trabalho. As empresas devem garantir que os trabalhadores tenham condições adequadas de trabalho e que não sejam expostos a riscos ou situações de perigo.

Curso de Porteiro Online Grátis

porteiro

Para se tornar um porteiro eficiente, é necessário possuir habilidades além de uma boa comunicação! O cargo de porteiro demanda uma gestão integral das necessidades de segurança e logística de um estabelecimento, o profissional precisa ter conhecimento em uma variedade de áreas, incluindo procedimentos de segurança, atendimento ao cliente, técnicas de comunicação, primeiros socorros, e controle de acesso. Por isso, a qualificação profissional é crucial, bem como o interesse em formação continuada em campos relacionados, como segurança patrimonial, gestão de crises, tecnologias de segurança, atendimento de excelência ao cliente, entre outros.


Stories

Posts Recentes

  • Como a função do síndico profissional transforma seu condomínio?
    Um síndico profissional é um gestor especializado responsável pela administração de condomínios, seja residencial ou comercial. Diferentemente de um síndico residente, que geralmente é um morador eleito para administrar o condomínio de forma temporária e muitas vezes sem remuneração, o síndico profissional é contratado especificamente para essa função e é remunerado pelo seu trabalho. A…
  • Descubra Qual o Salário de um Síndico Profissional no Brasil
    Um síndico profissional é uma pessoa contratada para gerenciar e administrar um condomínio. Ele é responsável por garantir que o prédio esteja em boas condições, que os moradores estejam satisfeitos e que as finanças do condomínio estejam em ordem. Mas qual é o salário de um síndico profissional? De acordo com o site Salario.com.br, o…
  • Quais as vantagens de possuir uma recepcionista em sua empresa?
    Por muito tempo o papel principal da recepcionista dentro das empresas se restringia a atender o telefone e recepcionar os clientes. Hoje, esse profissional evoluiu para se tornar um elemento chave na criação de uma boa primeira impressão que clientes, parceiros e potenciais colaboradores têm da empresa. Assim, a presença de uma recepcionista habilidosa traz…
  • Modelo de Currículo Simples para Auxiliar de Escritório
    Se você concluiu o curso de Auxiliar de Escritório pela Prime Cursos do Brasil e está em busca da sua primeira oportunidade na área administrativa, temos uma excelente notícia para você! Desenvolvemos um modelo de currículo simples especialmente para quem já possui o certificado do curso, abrangendo todas as habilidades e conhecimentos adquiridos. Este modelo…
  • Guia: como gerenciar tarefas simultâneas como recepcionista
    Gerenciar tarefas simultâneas pode ser um grande desafio para recepcionistas. Com diversas demandas e responsabilidades, é fácil se sentir sobrecarregado e perder o controle das atividades diárias. No entanto, com algumas estratégias de gerenciamento de tempo e organização, é possível manter-se produtivo e eficiente, mesmo em situações de alta pressão. Uma das principais dicas para…
  • Dicas para entrevistas de emprego para recepcionistas: como se destacar na seleção
    As entrevistas de emprego pode causar muita ansiedade para várias pessoas, especialmente para aqueles que estão procurando emprego na área de recepcionista. No entanto, com algumas dicas úteis, os candidatos podem se preparar adequadamente para a entrevista e aumentar suas chances de sucesso. A primeira dica importante é pesquisar sobre a empresa e a posição…
  • 10 Qualidades Indispensáveis para uma recepcionista profissional
    A recepcionista é o cargo que está a frente da empresa, sendo o primeiro contato do publico com o estabelecimento. E para desempenhar suas tarefas diárias é necessário algumas qualidades essenciais. Esta posição, por natureza, exige uma abordagem equilibrada entre habilidades pessoais e profissionais, pois o recepcionista precisa gerenciar tanto as expectativas dos visitantes quanto…
  • Onde uma recepcionista pode trabalhar? Descubra as opções de carreira para recepcionistas
    Uma recepcionista é uma profissional que trabalha na recepção de uma empresa, organização ou instituição para receber visitantes e clientes. Ela é a primeira pessoa que um visitante encontra ao chegar ao local e é responsável por fornecer informações sobre os serviços ou produtos oferecidos. Além disso, ela também pode ser encarregada de tarefas administrativas,…
  • Quais as funções de uma recepcionista? Conheça a profissão
    O papel do recepcionista é fundamental em qualquer empresa, seja ela pequena ou grande. Ele é responsável por ser o primeiro contato do cliente com a empresa e, por isso, deve ser capaz de transmitir uma imagem positiva e acolhedora. Mas quais são exatamente as funções do recepcionista? Em geral, o recepcionista é responsável por…
  • Como é o trabalho de uma recepcionista: responsabilidades e habilidades necessárias
    A rotina de uma recepcionista pode variar de acordo com o local que ele atua, mas geralmente suas tarefas de rotina estão sempre conectadas a funções administrativas e de organização. O trabalho de uma recepcionista é recepcionar e atender os clientes e visitantes, fornecendo informações, direcionando-os para a pessoa ou departamento correto e, em geral,…
  • Quantas horas tem a jornada de trabalho de uma recepcionista?
    A jornada de trabalho de um recepcionista é um aspecto fundamental que define tanto a dinâmica de seu cotidiano profissional quanto a qualidade de sua vida pessoal. Em diversas indústrias, a carga horária desses profissionais pode variar significativamente, influenciada por fatores como legislação trabalhista, demandas diárias e políticas internas das empresas. Neste texto, exploraremos detalhadamente…
  • Quanto ganha uma recepcionista: Salário médio e fatores que influenciam
    Uma das perguntas mais comuns que as pessoas fazem quando consideram entrar na profissão de recepcionista é “Quanto ganha uma recepcionista?” É uma pergunta importante, já que o salário é um fator chave na decisão de escolher uma profissão. A resposta para essa pergunta depende de vários fatores, como localização, experiência e habilidades específicas. De…
  • O que é necessário para ser recepcionista: qualificações e requisitos
    Para ser um recepcionista de sucesso, é necessário ter diversos requisitos e características. Além de ser capaz de lidar com pessoas e ter uma boa comunicação, é importante ter organização, capacidade de multitarefa e conhecimento em informática. O recepcionista é a primeira pessoa que os clientes ou visitantes encontram quando chegam a uma empresa ou…
  • O que é e como funciona o código Q?
    O Código Q é um conjunto padronizado de três letras que é usado para fazer perguntas pré-definidas em comunicações de rádio. Ele pode ser utilizado por porteiros, vigilantes e controladores de acesso para a comunicação dentro das dependências do local de trabalho. Ele também é amplamente utilizado por militares, polícia, serviços de emergência, aviação e…
  • Como funciona uma jornada de trabalho de 12×36: regras e direitos
    Uma jornada de trabalho de 12×36 é um modelo de trabalho que permite ao colaborador trabalhar por 12 horas seguidas e descansar nas próximas 36 horas. Essa jornada é comum em setores que necessitam de operação contínua, como saúde e segurança. Nesse modelo de trabalho, o colaborador trabalha por 12 horas seguidas, com um intervalo…

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.