Qual a função de um vendedor de loja?

Qual a função de um vendedor de loja
Qual a função de um vendedor de loja

Vendedor de Loja. O sucesso de uma loja depende de vários fatores, e um dos mais importantes está ligado ao setor de vendas. Por essa razão, trabalhar com bons profissionais deve ser uma das principais preocupações de um lojista.

Na leitura a seguir você irá conferir quais as principais funções de um vendedor, a sua importância na equipe e as principais habilidades desse profissional. 

Quais as funções de um vendedor? 

Para que o trabalho do vendedor seja executado com eficiência, é importante que suas funções estejam claras, o que depende da boa comunicação entre empregador e funcionário. 

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

A atuação de um vendedor tem tudo a ver com a abordagem e o relacionamento com o cliente, mas não para por aí. Nessa relação, é fundamental considerar aspectos como a postura, atitude e comportamentos na hora de atender: é importante que todos eles estejam alinhados à cultura da marca ou da loja onde o funcionário trabalha.

Afinal de contas, o vendedor é o principal rosto do estabelecimento, a pessoa de quem o cliente irá se lembrar após a compra. 

É por isso que o vendedor precisa ser visto como uma peça essencial para a construção dos laços entre a loja e os seus clientes em potencial, já que é através da equipe de vendedores que será feito o fortalecimento da marca e a fidelização dos consumidores. Confira a seguir as principais funções deste trabalho. 

1 – Recepção e atendimento dos clientes

É papel do vendedor de loja receber o cliente assim que ele entra no estabelecimento, possibilitando que ele se sinta bem vindo e à vontade.

O atendimento deve ser realizado tendo como base a compreensão das necessidades e demandas do cliente, oferecendo opções, negociando preços, prazos e condições de pagamento, e descontos quando for o caso.

Para oferecer um atendimento de qualidade, é importante identificar os diferenciais de sua marca e conhecer a fundo o seu público alvo, de maneira a associar seus produtos ao que os consumidores procuram. 

Uma dica que vale ouro para satisfazer os seus clientes é focar principalmente em oferecer a solução para o que ele procura, ao invés de se dedicar tão somente em bater a meta de vendas. A meta é naturalmente uma das principais preocupações de um vendedor, mas ao focar na demanda do cliente, você oferece um atendimento personalizado (o que é muito valorizado), e as chances de conseguir de fato efetuar uma venda são maiores.

Afinal de contas, é muito mais agradável ser atendido por alguém que se mostra empenhado em oferecer o que você procura do que por um vendedor ansioso para fechar logo uma venda, não é mesmo?! 

Também cabe a esse profissional orientar o cliente a respeito das especificações dos produtos (como cuidados na lavagem de uma peça de roupa, por exemplo), atentar para a qualidade dos itens, a satisfação dos consumidores, e auxiliar na hora da escolha, com a personalização do atendimento. Até porque uma segunda opinião pode ser muito bem vinda na hora de realizar a compra. 

Importância de uma boa recepção e atendimento ao cliente

Vale lembrar que um bom atendimento é a principal técnica para fidelizar clientes e atrair novos consumidores. A experiência de compra é o que faz toda a diferença: um cliente satisfeito com o atendimento recebido é a melhor propaganda para um estabelecimento, pois pode ajudar a promover a reputação da loja com elogios e recomendações. 

Mas o trabalho do vendedor não se restringe a ser simpático e solícito com os compradores da loja. Continue a leitura para saber mais. 

2 – Negociação

A negociação é outra função fundamental a ser executada por esse funcionário. O vendedor conhece a realidade do mercado como ninguém, portanto é fundamental que ele tenha autonomia para fechar boas oportunidades de venda.

É uma grande vantagem que esse funcionário tenha a capacidade de identificar uma boa oportunidade de venda, quando vale a pena dar um bom desconto ou mais opções de pagamento de modo a fechar o negócio. Esse tipo de percepção pode ampliar suas possibilidades e aumentar o faturamento. 

Além do atendimento e da negociação das vendas, algumas tarefas internas condizentes à organização da loja também podem fazer parte do cotidiano do vendedor. Confira a importância dessas atividades. 

3 – Funções internas

Para além das funções que envolvem o atendimento, o vendedor é o encarregado de controlar o estoque, decorar a vitrine e garantir um ambiente tranquilo, limpo e agradável. Essas funções podem parecer secundárias, mas interferem diretamente na organização do trabalho e no cumprimento das metas. 

Além disso, uma vez que o vendedor é o principal elo de contato com os clientes, está em uma posição favorável para compreender suas necessidades e o que mais lhe atrai. Assim, pode sugerir promoções e campanhas com maior potencial para atingir os consumidores da loja. Também é a principal pessoa para identificar os produtos que mais fazem sucesso e aqueles que mais resultam em trocas ou devoluções. 

Agora que você já está por dentro das principais funções de um vendedor de loja, é hora de conhecer quais os principais atributos para trabalhar nessa área. Veremos a seguir. 

Quais características um bom vendedor de loja?

Ao trabalhar como vendedor ou vendedora, é importante apurar o olhar e direcioná-lo aos seus clientes, às suas necessidades e às principais tendências do nicho no qual você atua

As habilidades de comunicação são indispensáveis para exercer esse trabalho. É importante se fazer entender com clareza e ter a capacidade de compreender o que o cliente procura e o que melhor pode agradá-lo. O poder de persuasão pode fazer toda a diferença na hora de convencer clientes indecisos e inseguros com a compra. 

Antes de tudo, é importante saber ouvir para então entender o que o cliente espera, adaptando suas ofertas e discursos para essa demanda. Esse é um passo essencial para criar um vínculo com o consumidor da loja

Entenda as principais funções de um vendedor de loja

O bom humor, a simpatia e a descontração também são aspectos estimados em um vendedor, pois dessa forma o cliente se sente à vontade para realizar a compra com calma e segurança.

Esses traços de comportamento estão diretamente ligados à motivação do funcionário e a identificação com o local de trabalho. Para passar confiança, é preciso gostar do que faz, acreditar nos ideais e princípios defendidos pela loja e estar em harmonia com o restante da equipe.

São aspectos fundamentais para que os funcionários se sintam bem no ambiente de trabalho. 

Conhecer bem o produto comercializado também é parte fundamental da boa postura de um vendedor. Isso significa saber os seus pontos fortes e pontos fracos, de maneira a valorizar o item e se preparar para possíveis questionamentos que possam surgir durante a compra. Esteja preparado para defender o seu produto. 

A boa notícia é que todas essas competências podem ser aprimoradas com o tempo e a prática. Um bom vendedor é aquele que avalia o próprio desempenho constantemente. Ainda que você não identifique em si mesmo(a) as habilidades aqui citadas, sempre é possível evoluir e desenvolvê-las. Lembre-se de que buscar aprendizagem contínua é um grande diferencial em qualquer área ou emprego. 

Curso online de vendedor de Loja online Grátis!

Bom, agora que você conheceu a importância de um bom vendedor, sabe também que é uma profissão que nunca acabará e que as lojas precisam, sempre, de bons profissionais, que tal fazer um curso online, 100% gratuito?

Na Prime Cursos você faz um curso digital de vendedora de loja, com possibilidade de certificado válido! O cu8rso é gratuito e nele você vai aprender a os fundamentos básicos de uma boa vendedora + 8 atitudes de vendedoras vencedoras, que irão te ajudar a conseguir bater todas as metas de vendas.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.