Qual é o salário de um vendedor externo?

Curso online de vendedor externo
Curso online de vendedor externo

O vendedor externo, como o próprio nome da função já sugere, é o profissional encarregado pela realização de atendimentos e negociações com clientes externos. Isso significa que ele trabalha visitando clientes em seus domicílios ou empresas. 

Também é responsável por fazer propostas comerciais, explorar novas oportunidades e adquirir novos clientes. Confira neste artigo qual é o salário de um vendedor externo e como é o seu trabalho. 

Quanto ganha um vendedor externo? 

Atualmente, quem trabalha como vendedor externo no Brasil pode ganhar um salário de cerca de R$ 2.600. Esse valor pode variar de acordo com a região do país, o tipo de produto ou serviço comercializado e a porcentagem de comissão acordada com a empresa que o contrata

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

Mas afinal, como é o trabalho de um vendedor externo? Continue a leitura para entender sobre o assunto. 

E o que faz um vendedor externo? 

A área de vendas de uma empresa é considerada uma das mais importantes, uma vez que é a principal responsável por manter os clientes e, consequentemente, o faturamento e funcionamento da empresa. 

Essas responsabilidades implicam em uma área complexa, o que pode gerar algumas confusões. Como, por exemplo, qual a diferença entre vendedor externo e vendedor interno? Vendedor externo é o mesmo que representante comercial? 

Vamos entender melhor sobre isso?! Confira.

Vendedor externo X vendedor interno

Enquanto a venda externa é feita em campo, de maneira presencial, a venda interna é feita de maneira remota, com o vendedor interno geralmente sentado frente a um computador, mantendo um contato à distância com os seus clientes, seja online ou por meio de ligações telefônicas.

Entenda as diferenças de um vendedor externo e um vendedor interno

Ambas as funções são importantes para atrair e fidelizar clientes e fechar novos contratos, mas cada uma delas tem suas peculiaridades, facilidades e desafios. 

Ao realizar as vendas presencialmente, o vendedor externo lida cara a cara com seus clientes, o que é uma grande vantagem para criar vínculos e criar conexões pessoais. Em contrapartida, trabalhar nessa função exige mais esforços para realizar uma venda, já que demanda viagens e deslocamentos. Por não precisarem se deslocar, os vendedores internos conseguem alcançar um maior número de pessoas em um menor intervalo de tempo. 

Por outro lado, o vendedor externo geralmente está encarregado de vendas de maior complexidade, com preços mais altos ou serviços específicos e estratégicos. Sendo assim, seu foco não está no volume de vendas, como tradicionalmente acontece com outros tipos de vendedores. 

Como é de se imaginar, o trabalho de um vendedor externo tem um custo maior do que o de um vendedor interno, o que se deve principalmente à necessidade de deslocamento. Como consequência disso, esses profissionais geralmente possuem um salário mais alto em comparação com os demais. 

Suas áreas de atuação são amplas e envolvem diversos tipos de empresas ou indústrias, como lojas de varejo e atacado, e-commerces, estabelecimentos autônomos, fábricas, entre outros. 

Vendedor externo X representante comercial

As atuações desses dois profissionais são parecidas, por isso as funções são facilmente confundidas entre si. 

A principal diferença entre um vendedor externo e um representante comercial fica por conta do vínculo empregatício: o primeiro possui vínculo com a empresa, portanto tem horários a cumprir, enquanto que o segundo geralmente não é um funcionário registrado por uma empresa específica, tendo mais autonomia em relação aos seus horários. Ainda assim, o representante precisa estar registrado no Conselho Estadual de Representantes — CORE.

Enquanto o vendedor externo possui um salário fixo, que independe do seu desempenho e número de vendas, o representante comercial tem sua remuneração baseada totalmente nas vendas que forem fechadas. 

Agora que já sabemos diferenciar o vendedor externo de um vendedor interno e de um representante comercial, veremos os principais requisitos para exercer essa função

Quais os requisitos para trabalhar como vendedor externo? 

Algumas das exigências mais importantes para esse trabalho são a autogestão, a organização e a disciplina. É fundamental saber administrar bem o seu tempo, de forma a otimizar o próprio trabalho e tirar o máximo proveito de cada dia. 

Da mesma forma, é necessário ter empatia, levando em conta que seu trabalho implica lidar pessoalmente com diversos tipos de clientes, com as mais variadas necessidades e propósitos. 

A visão estratégica do mercado também vem a calhar, o que pode ser obtido a partir do conhecimento e estudo da área. Esse entendimento pode contribuir de forma a alcançar e impactar novos clientes, ocasionando novas vendas e negócios mais lucrativos. Para isso, o vendedor precisa buscar tendências e o máximo de informações sobre o produto, e concretizar pontes entre revendedores e/ou empresas.

Saiba quais são os requisitos para trabalhar como vendedor externo

Habilidades de comunicação, negociação e persuasão são indispensáveis. Considerando que o vendedor externo geralmente trabalha com vendas maiores e mais complexas, e indo diretamente até o cliente, o relacionamento acaba sendo mais profundo e requer mais confiança. 

É preciso estar apresentável e disposto a causar uma boa primeira impressão, já que o vendedor externo tem a responsabilidade de representar uma empresa e os valores que ela traz consigo. Cuidar da imagem que vai passar aos clientes é de grande importância. 

Finalização de vendas, demonstração de produtos, acompanhamento da entrega, fechamento de novas vendas e contratos, negociações referentes a preços, prazos, condições de pagamento e descontos: todas essas tarefas também estão inclusas no trabalho do vendedor externo, e cada uma delas tem sua importância. 

Ficou interessado em trabalhar como vendedor externo? Então confira a seguir uma dica de ouro para ingressar no mercado de trabalho como um candidato interessante aos olhos das empresas.

Como se especializar nessa área? 

Se você achou interessante a função e o trabalho de um vendedor externo, que tal se especializar nessa área? Através de cursos e workshops é possível incrementar seu currículo e torná-lo mais atrativo para os empregadores.  

Há diversos cursos online na área, através dos quais é possível desenvolver muitas das habilidades desejadas no setor. Além disso, enriquece o seu currículo e te coloca como um candidato interessado, que gosta de se manter informado e atualizado na área, uma característica muito procurada, principalmente em funções que envolvem vendas.

O SEBRAE, por exemplo, oferece diversos cursos bem conceituados na área. Algumas opções são os cursos “Como vender mais e melhor” (realizado online) e “Gestão Estratégica de Vendas” (com carga horária de 16 horas presenciais). Outras opções podem ser facilmente encontradas com uma busca na internet, direcionando para temas de seu interesse, como por exemplo: vendas externas, como aprimorar habilidade de negociação, como desenvolver oratória, entre outros. 

Curso de Vendedor de Loja Online e Grátis

Agora que você conhece um pouco mais sobre essa profissão, percebe o quanto ela é valiosa e duradoura, que tal se aprofundar fazendo um curso online grátis? O Curso de vendedor de loja online grátis pode ser feito no portal da Prime Cursos, e você pode conferir muito mais cursos de vendas!

Ele é gratuito, 100% online e poderá colocá-lo no seu currículo, acrescentando ainda mais experiência na área. Aproveite que as inscrições são 100% gratuitas, também.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.