Os 23 livros que Mark Zuckerberg leu em 1 ano

Mark Elliot Zuckerberg, mais conhecido apenas como Mark Zuckerberg, é um programador e empresário norte-americano, que ficou conhecido internacionalmente por ser um dos fundadores de uma das maiores redes sociais do mundo, o Facebook. Na época, o programador e empresário era estudante da Universidade de Harvard.

Em 2015, ele colocou como meta ler um livro a cada duas semanas, incluindo temas como tecnologia, ciência, criatividade e vacinação. O primeiro livro sumiu rapidamente dos estoques da Amazon assim que o bilionário informou que estava iniciando sua saga literária.

Para inspirar e incentivar a leitura, veja os 23 livros que Mark Zuckerberg leu no ano de 2015 e suas explicações:

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

1. O Fim do Poder – Moisés Naím

“É um livro que explora como o mundo está mudando para dar aos indivíduos um poder que tradicionalmente só grandes governos, exércitos e outras organizações tinham. A tendência para dar mais poder às pessoas é algo em que acredito profundamente”.

2. Os Anjos Bons da Nossa Natureza – Steven Pinker

“É um livro atual sobre como e porque a violência tem caído de maneira constante ao longo de nossa história e como podemos manter essa tendência. Eventos recentes fazem com que violência pareçam mais comuns do que nunca, então é útil entender que toda essa violência – mesmo terrorismo – está caindo com o tempo. Se pudermos entender como estamos conquistando isso, poderemos manter nosso caminho rumo à paz. Algumas pessoas em quem confio me disseram que é o melhor livro que já leram.”

3. Chefe de Quadrilha por Um Dia / Gang Leader for a Day – Sudhir Venkatesh

“Gang Leader explora como é a vida daqueles que não vivem sob um governo eficaz. Estou ansioso para ler este e terminar o anterior.”

4. Imunidade: Germes, Vacinas e Outros Medos / On Immunity: An Inoculation (Eula Biss)

“Vacinação é um tema importante e atual. A ciência é completamente clara: vacinas funcionam e são importantes para a saúde de todos em nossa comunidade. Esse livro explora algumas razões que levam pessoas a questionar vacinas e então explica logicamente porque essas dúvidas não tem fundamentos e vacinas são eficazes e seguras. Este livro me foi recomendado por cientistas e amigos que trabalham com saúde pública. E também é um livro relativamente curto, que você pode ler em algumas horas.”

5. Criatividade S.A. – Ed Catmull e Amy Wallace

“Este livro foi escrito pelo fundador da Pixar e trata de sua experiência construindo uma cultura que incentiva a criatividade. Sua teoria é que as pessoas são fundamentalmente criativas, mas muitas forças ficam no caminho entre elas e seu melhor trabalho. Amo ler relatos de primeira mão sobre construir grandes empresas como a Pixar e incentivar inovação e criatividade. Isso deve ser inspirador para qualquer um que quer fazer o mesmo – e espero que tenha lições que possamos aplicar para conectar o mundo”.

6. A Estrutura das Revoluções Científicas – Thomas S. Kuhn

“É um livro sobre a história da ciência que explora se ciência e tecnologia avançam de maneira consistente para a frente ou se o progresso vem em rajadas relacionadas a outras forças sociais. Tendo a crer que a ciência é uma força consistente para o bem do mundo. Acho que todos estaríamos melhores se investíssemos mais em ciência e agíssemos de acordo com os resultados de pesquisas. Estou animado para explorar esse tema em mais detalhes.”

7. Rational Ritual: Culture, Coordination, and Common Knowledge – Michael Suk-Young Chwe

“Esse livro trata do conceito de ‘senso comun’ e como as pessoas processam o mundo não apenas como base no que sabem pessoalmente, mas no que sabemos que outras pessoas sabem e também nossos conhecimentos compartilhados. É uma ideia importante para projetar redes sociais, já que frequentemente enfrentamos tradeoffs entre criar experiências personalizadas para cada indivíduo e criar experiências universais para todos.”

-> Trade-off ou tradeoff é uma expressão em inglês muito utilizada que significa o ato de escolher uma coisa em detrimento de outra e muitas vezes é traduzida como “perde-e-ganha”.

8. Dealing with China: An Insider Unmasks the New Economic Superpower – Henry M. Paulson

“Este livro é sobre a experiência de Paulson trabalhando com líderes chineses por mais de duas décadas enquanto era Secretário do Tesouro e chefe do Goldman Sachs. Ao longo dos últimos 35 anos, a China passou por uma das maiores transformações sociais e econômicas da história humana. Centenas de milhões de pessoas deixaram a pobreza. Qualquer métrica mostra que a China fez mais para tirar mais gente da pobreza que o resto do mundo junto. Tenho um interesse pessoal como estudante da cultura, história e linguagem chinesa. Estou animado para ler a perspectiva de Paulson sobre o que a ascensão da China significa para o mundo.”

9. Orwell’s Revenge: The 1984 Palimpsest – Peter Huber

“Muitos de nós estão familiarizados com o livro 1984 de George Orwell. Suas ideias do Grande Irmão, vigilância e duplipensar se tornaram medos penetrantes em nossa cultura. Orwell’s Revenge é uma versão alternativa de 1984. Após ver o que aconteceu com a historia, a ficção de Huber descreve como ferramentas como a internet beneficiam as pessoas e mudam a sociedade para melhor.”

10. A Nova Segregação. Racismo e Encarceramento em Massa / The New Jim Crow: Mass Incarceration in the Age of Colorblindness – Michelle Alexander

“Este livro sobre justiça social delineia as muitas maneiras em que o sistema de justiça criminal dos EUA discrimina contra minorias, coloca-as em desvantagem e previne todos de terem oportunidades iguais. Tenho me interessado pela reforma da justiça criminal há um tempo e este livro foi muito recomendado por muitas pessoas em quem confio.”

11. The Muqaddimah: An Introduction to History – Ibn Khaldun

“É uma história do mundo escrita por um intelectual que viveu nos anos 1300. Seu foco é mostrar como a sociedade e cultura fluem, incluindo a criação de cidades, políticas, comércio e ciência. Enquanto muito do que era crença na época foi refutado ao longo de 700 anos de progresso, ainda é muito interessante ver o que era entendido na época e como, no geral, a visão de mundo mudou.”

12. Sapiens – Uma breve história da humanidade – Yuval Harari

“Este livro é uma grande narrativa da história da civilização humano – de como nos desenvolvemos de caçadores-coletores no começo a como organizamos nossa sociedade e economia hoje. Como livro seguinte ao Muqaddimah, que era a história da perspectiva de uma intelectual de 1300, Sapiens é uma exploração contemporânea de muitas perguntas similares. Estou ansioso para ler essas perspectivas diferentes.”

13. The Player of Games – Iain Banks

“Este título é uma mudança de ritmo dos livros recentes sobre ciências sociais. É uma ficção científica sobre uma civilização avançada com inteligência artificial e uma cultura vibrante.”

14. Energy: A Beginner’s Guide – Vaclav Smil

“Este livro é sobre ciências físicas ao in’ves de ciências sociais. Explora tópicos importantes relacionados a como a energia funciona, como nossa produção e uso podem evoluir e como isso afeta as mudanças climáticas. Os trabalhos de Vaclav Smil são altamente recomendados por Bill Gates e outros. Também estou planejando ler seu outro livro, Making the Modern World, quando tiver uma oportunidade.”

15. Genoma – A Autobiografia de uma espécie em 23 capítulos – Matt Ridley

“O objetivo deste livro é contar a história da humanidade da perspectiva da genética em vez da sociologia. Ele deve complementar as outras histórias mais amplas que li esse ano, assim como seguir Energy nesse foco da ciência. Estou com vontade de ler os livros de Matt Ridley há um tempo.”

16. As Variedades da Experiência Religiosa / The Varieties of Religious Experience – William James

“Quando li Sapiens, achei que o capítulo sobre a evolução do papel da religião na vida humana era o mais interessante e algo em que queria me aprofundar. William James era um filósofo dos anos 1800 que moldou muito do que é a psicologia moderna. Estou de férias essa semana com a Cilla e essa parecia uma leitura leve!”

17. Portfolios of the Poor : How the World’s Poor Live on $2 a Day – D. Collins, J. Morduch, S. Rutherford e O. Ruthven

“É incrível que quase metade do mundo – quase 3 bilhões de pessoas – vivem com US$ 2,50 ou menos por dia. Mais de um bilhão de pessoas vive com US$ 1 ou menos por dia. Este livro explica como essas famílias investem seu dinheiro para se financiarem melhor. Espero que esta leitura ofereça insights em relação ao que podemos fazer para apoiá-los também.”

18. Por que as Nações Fracassam – Daron Acemoglu e James A. Robinson

“Este livro explora diferentes tipos de instituições sociais e incentivos que nações aplicaram para encorajar prosperidade, desenvolvimento econômico e eliminação da pobreza. É um bom complemento ao nosso último livro, Portfolios of the Poor, que foca em como as pessoas vivem na pobreza. Este discute porque a pobreza ainda existe e como reduzi-la.”

19. O Otimista Racional / The Rational Optimist: How Prosperity Evolves – Matt Ridley

“Dois livros que li este ano – Os Anjos Bons de Nossa Natureza e Por que as Nações Fracassam – exploraram como o progresso econômico e social trabalham juntos para fazer o mundo melhor. Os Anjos Bons argumenta que os dois se alimentam, enquanto Por que as Nações Fracassam argumenta que o progresso social e político, no fim, controla o progresso econômico de uma sociedade. Este próximo livro fala o contrário: que progresso econômico é a força maior por trás do avanço social. Estou interessado em ver qual ideia ressoa mais depois de explorar esses dois frameworks. Este também é o segundo livro de Ridley que leio este ano.”

20. O Problema dos Três Corpos / The Three-Body Problem – Liu Cixin

“Este é um livro chinês de ficção científica que se tornou tão popular que agora há um filme sendo feito em Hollywood com base nele. Também vai ser um descanso legal de todos os livros sobre economia e ciências sociais que já tenho lido.”

21. The Idea Factory: Bell Labs and the Great Age of American Innovation – Jon Gertner

“Tenho muito interesse nas causas da inovação – que tipos de pessoas, questões e ambientes (estão envolvidos). Esse livro explora essa pergunta ao olhar para o Bell Labs, um dos laboratórios mais inovadores da história.”

22. Ordem Mundial – Henry Kissinger

“Meu próximo livro para o A Year of Books é a Física Quântica para Bebês! Brincadeira. Na verdade, é Ordem Mundial, por Henry Kissinger, sobre relações internacionais e como podemos construir relações pacíficas pelo mundo. É importante para criarmos o mundo que queremos para nossos filhos, e é algo em que estou pensando nos últimos dias.”

23. The Beginning of Infinity: Explanations That Transform the World – David Deutsch

“Faz sentido terminar o ano com The Beginning of Infinity, de David Deutsch, sobre como o jeito que explicamos as coisas destrava maiores possibilidades.”

E então, gostaram das dicas de livros de Mark Zuckerberg?

Deixe seu comentário!

Prime Cursos

 

Fonte: InfoMoney

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

8 COMENTÁRIOS

  1. Caro Coordenador da Prime Curso, bom dia!
    é todo valor essas informações obtida por esta conceituada instituição de ensino de treinamento continuado que tanto respeito e admiro, sei que a informação é a chave de todas as portas, e que nos trás e levam as mais importantes informações no campo da educação, que nada mais é do a saudade de nossa mente.
    Gostaria de receber a lista destes livros para realizar as leituras necessária
    Dr. Jose Luiz Rodrigues de Oliveira

    • Olá Gilmar, tudo bem?
      Obrigada pelo seu comentário!
      A maioria dos livros sim, alguns ainda não foram traduzidos.
      Prime Cursos

  2. Achei magnifico os temas e suas abordagens, acredito que poderemos nos apaixonar ainda mais com essas leituras e com o conhecimento adquirido.

  3. Parabéns ao coordenador da Prime Cursos..
    Excelentes as dicas e a forma de abordagens dos temas. Agradeço imensamente pelo incentivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui