Como a inteligência emocional pode ajudar na carreira

Você sabia que a inteligência emocional — ou a falta dela — pode impactar na sua carreira de forma positiva ou negativa?

A Inteligência Emocional (IE) é a capacidade de identificar, compreender e administrar os sentimentos de maneira inteligente. Ou seja, ter inteligência emocional é saber gerenciar suas emoções de forma positiva, para conseguir diminuir o estresse, resolver conflitos e ficar bem com os outros e, principalmente, consigo mesmo.

Provavelmente você já deve ter ficado chateado com um colega de trabalho por algo que ele disse ou fez. Pode ser também que já tenha sentido um certo desânimo após receber um e-mail grosseiro de um cliente, ou, até mesmo do seu chefe. Pois é, infelizmente essas coisas são bem comuns no ambiente de trabalho, e é por isso que ter inteligência emocional é tão importante.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

A inteligência emocional está se tornando uma capacidade cada vez mais rara e valiosa, e os profissionais com essa habilidade podem se destacar num mercado tão concorrido. Desse modo, a capacidade de lidar com as emoções é algo cada vez mais valorizado pelas empresas.

Com inteligência emocional é possível agir de maneira calma, sensata e coletiva. Dominar essa habilidade pode ajudar a resolver situações difíceis e até melhorar a comunicação.

A inteligência emocional pode afetar o seu desempenho no trabalho, sua saúde física, sua saúde mental e seus relacionamentos. Por isso, ao entender suas emoções e aprender a controlá-las, é possível obter benefícios em praticamente todas as áreas da sua vida.

Sabendo da importância dessa habilidade, trouxemos algumas dicas que podem ajudar a desenvolver a inteligência emocional. Vamos lá?

Como você reage ao estresse e a raiva?

Primeiramente, você deve saber quando está alterado e/ou estressado. Quando perceber e reconhecer isso, tente avaliar como é que o seu corpo se sente quanto está assim.

Você sente alguma dor? Começa a suar? Sente suas mãos apertadas? Ou sua respiração se altera? Ao identificar sua reação ao estresse, será mais fácil regular a tensão quando ela aparecer.

Como você se sente após um momento difícil?

Após reconhecer o que acontece quando você se estressa, é preciso identificar a sua resposta ao estresse. As pessoas reagem de forma diferente ao estresse.

Há quem fique agitado sob estresse, então nesses casos o melhor é praticar atividades que acalmem. Há quem fique deprimido e triste sob estresse, e nesses casos, o ideal é praticar atividades estimulantes.

Técnicas que podem te ajudar

Envolver um ou mais dos seus sentidos (visão, olfato, audição, paladar e tato) é a melhor maneira de diminuir o estresse, a raiva e a tristeza rapidamente.

Porém, assim como cada pessoa reage de forma diferente ao estresse, cada pessoa também reage de maneira diferente a estímulos sensoriais.

Portanto, você deve encontrar técnicas que funcionem para você. Essas técnicas de combate ao estresse e raiva, podem te acalmar ou te energizar.

Se você é uma pessoa mais visual, pode ser que consiga diminuir o estresse ao olhar imagens inspiradoras. Já se você tiver mais benefícios com o som, poderá se acalmar com uma boa música, o som de uma fonte de água ou com o barulho da natureza.

Coloque-se no lugar do outro

Quando perceber que alguma pessoa da equipe está conversando de forma grosseira, tente não sentir raiva. Pare e lembre-se de que você não sabe o que aquela pessoa pode estar passando.

Antes de sentir raiva e irritação, coloque-se no lugar do outro. Pode ser que ela apenas não está tendo um bom dia, e talvez nem saiba que está sendo grosseira com você.

Exercícios que podem ajudar

Existem pessoas que são mais calmas e tranquilas, enquanto outras possuem um comportamento enérgico. Mas, vamos combinar, até as pessoas mais tranquilas podem se irritar em alguns momentos, certo?

Agir sem pensar é uma atitude natural do ser humano, e se isso acontecer dentro do ambiente de trabalho, a impulsividade pode atrapalhar. Para dominar os impulsos e controlar as emoções, alguns exercícios podem ajudar:

Meditação;

Caminhada;

Contato com a natureza;

Corrida;

Pilates;

Prática regular de atividades físicas no geral.

Bom, esperamos que as dicas possam te ajudar a melhorar a sua inteligência emocional. Por fim, lembre-se de que a única pessoa prejudicada por sentir raiva, tristeza e estresse é você mesma. Então, preserve o seu emocional e espalhe sentimentos bons por aí! Assim você consegue se ajudar e ajudar as pessoas ao seu redor!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário!

Prime Cursos


Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

13 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom presciso por em prática essas dicas, ultimamente e muito stress emocional, no trabalho, enfim.obrigada por as dicas.

  2. Olá prime cursos ,assunto sobre a inteligencia emocional esta sendo ótimo a partir desse momento vou se dedicar mais , meus parabéns continue essas imensidão de informações esta ajudando muitas pessoas a vencer os obstáculos da vida.

  3. Maravilhoso artigo.Todos deveriam ler à respeito. Só que tem pessoas tão estressadas que não consegue ler este artigo até o fim, muito menos por em prática. Obrigado pelo artigo.

  4. Muito bom
    As estratégias são importantes para refletirmos e selecionar as mais que se adequam a cada um!
    Continuem para aproveitarmos o melhor de cada um de nós e sermos eficazes.

  5. Eu gostei muito sobre as dicas sobre a inteligência emocional.
    É um assunto que deveria ser bastante divulgado principalmente nas mídias, nas empresas e escolas para os professores ( para saberem lidar no momento de stress.
    Preciso por em prática as instruções recebidas por vocês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui