O que compensa mais, trabalhar com carro alugado ou carro próprio?

Carro alugado ou pessoal? Você não precisa ir muito longe para encontrar com alguém que está trabalhando exclusivamente como motorista de aplicativo (seja ele Uber, 99, entre outros) ou que esteja fazendo uma renda extra mensal para isso.

E cresce a cada dia que passa a opção de alugar um carro para poder desenvolver com mais tranquilidade esse tipo de serviço.

Usar um carro alugado ou o seu carro próprio: o que compensa mais?
Usar um carro alugado ou o seu carro próprio: o que compensa mais?

Logo, a pergunta que não quer calar: vale mais a pena usar o carro próprio para poder prestar esse tipo de serviço ou compensa mais você alugar um carro para essa exclusiva finalidade? É sobre isso que iremos abordar no texto que se segue.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

Carro alugado: vale a pena?

Nesse tema, diversos fatores deverão entrar na sua avaliação decisiva. Existe, porém, dois pontos de análise obrigatória que são eles: o valor da mensalidade pela locação X e o preço que se gasta com o combustível para sua manutenção diária.

Sabemos que na locação de carro, há alguns valores adicionais que estão embutidos na parcela, como IPVA, depreciação, licenciamento e, em alguns casos, até a manutenção básica como troca de óleo, revisão, pneu entram, também. Ah, sem contar o seguro automóvel que, para quem está frequentemente na rua, chega a ser um quesito obrigatório.

É preciso colocar tudo na ponta do lápis para entender as vantagens e desvantagens do carro alugado
É preciso colocar tudo na ponta do lápis para entender as vantagens e desvantagens

Conversando com alguns motoristas que escolhem a locação, a maioria foi unânime: analise a sua rota. Para compensar, é necessário que você “rode” bastante e assim, a conta feche- estima-se que o ideal seja, no mínimo, 50 horas por semana.

Se você faz corridas, porém, num fluxo muito menor, pode ser que essa conta não feche para você. Isso porque os contratos podem ser feitos com pagamentos semanais ou mensais (a avaliar da sua melhor condição) e em todos eles você vai encontrar um ponto: o limite de quilometragem a ser percorrido.

E caso haja km a mais do que o plano contratado, paga-se uma taxa por KM percorrido além do plano. Ou seja, se não for bem pensado, a conta pode sair cara.

Quanto custa o preço do carro alugado?

Essa é uma pergunta interessante e a resposta é: depende do modelo que você for alugar, bem como o prazo de contrato e a quilometragem estabelecida. Em média geral, partem de R$ 1.500,00/mês.

O modo de pagamento varia de acordo com a prestadora, por exemplo, algumas opções fazem em boleto. Outras, debitam o valor da parcela no cartão de crédito que você deixar arrolado no momento da contratação.

 aluguel de carro pode ser vantajoso se a sua quilometragem é densa. As chaves ficam à sua disposição logo após a contratação.
O aluguel de carro pode ser vantajoso se a sua quilometragem é densa

O mais legal é: existe em muitas operadoras, a opção de contratar um carro alugado para quem é motorista de aplicativo, o que facilita não só o pagamento, mas também o valor mensal do carro em relação aos KM rodados.

Para nortear a sua decisão, fizemos uma tabela para te ajudar a pensar nos custos dessa locação e descobrir qual seria o melhor plano para você. Vamos lá?

– Se você ganha em torno de R$ 4.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.000 para baixo;

– Se você ganha em torno de R$ 5.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.000 para baixo

– Se você ganha em torno de R$ 6.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.500 para baixo;

– Se você ganha em torno de R$ 7.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.750 para baixo.

De onde tiramos essa conta? Simples. O correto é que você comprometa apenas 25% do seu lucro bruto para o pagamento dessa mensalidade. Então, basta saber quanto é os 25% do seu lucro bruto para entender qual categoria melhor você se enquadra.

Ah, vale a pena pensar que se você for entrar num financiamento para dispor de carro pessoal à trabalho, a regra dos 25% também deverá ser mantida, de forma a organizar sua vida financeira.

E se eu usar o meu carro particular?

Várias contas deverão entrar nesse caso. Além do financiamento do seu carro (caso ele seja financiado), deve-se levar em consideração, algumas avarias. O tempo de troca de pneu, óleo, manutenção preventiva irá ser bem menor do que para uso particular, já que os kms serão triplicados.

Além disso, é necessário contabilizar o seguro automóvel, IPVA e o licenciamento que deverão estar em dia para sua maior segurança- e a de seu passageiro também.

Aplicativos como o Uber, por exemplo, prezam por carros que estabelecem uma série de confortos para seus passageiros. Se o seu carro faz mais a linha popular, a locação também pode ser uma opção, já que você daria um upgrade sem “mexer” com financiamento e nem com taxas de financiamento, que em muitos casos, chegam a 1.41% ao mês e 18% ao ano.

Curso de Motorista para Aplicativo Prime

O Curso Grátis para Motorista de Aplicativo é um curso totalmente gratuito para qualificação profissional, onde o aluno aprenderá todos os conhecimentos fundamentais que a profissão requer, seja você um iniciante ou um motorista querendo se reciclar ou ganhar conhecimentos extras.

morotista de uber olhando para passageiro
Clique para conhecer o curso de motorista de aplicativo

Neste curso você irá aprender ferramentas fundamentais para o seu sucesso na profissão, são elas: técnicas de atendimento ao cliente; finanças pessoais; economia de combustível; cuidados com a embreagem do carro; significado das luzes no painel do carro; direção defensiva/preventiva; conservação e manutenção do veículo; procedimentos de segurança para motorista de aplicativo; utilização de GPS/Waze.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.