O que é libras e qual é a sua importância?

Confira e entenda o que é Libras, a linguagem Brasileira de sinais
Confira e entenda o que é Libras, a linguagem Brasileira de sinais

Oficializada como uma língua oficial no Brasil pela Lei n° 10.436 no dia 24 de abril de 2002  a Língua Brasileira de sinais, mais conhecida como libras, é uma importante ferramenta de inclusão social para pessoas surdas.

É bem comum que vejamos na TV programas com aquele espaço em tela para um intérprete de libras, mesmo que na maioria das vezes prestamos pouca atenção ao que está sendo feito.

A presença desses profissionais tem sido cada vez mais percebida em ambientes profissionais, educativos e até mesmo de lazer.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

Eles carregam consigo uma importância enorme a uma parcela da população, mesmo sendo mal percebidos por outra. Para entender um pouco mais sobre esse assunto vamos falar aqui um pouco mais sobre o que é e porque a libras importa tanto.

Começando pelo básico: o que é libras?

Se o interlocutor desejar uma resposta simples podemos dizer que a libras é uma língua gestual visual, onde os indivíduos se comunicam através de gestos, expressões faciais e corporais.

Entretanto, a libras é muito mais complexa do que apenas essas poucas linhas e muitos desconhecem seu alcance e sua complexidade.

Também conhecida como língua de sinais a libras é uma língua que não usa sons de forma oral, como a maioria dos idiomas. No entanto, isso não a torna menos ampla do que qualquer outro idioma que conhecemos.

Se comunicar e se informar sobre o mundo se torna muito mais fácil para as pessoas surdas

Isso porque ela também possui uma dificuldade técnica, onde existe uma gramática própria além de níveis linguísticos como fonologia, morfologia, sintaxe e semântica. O que é dito em libras e como é dito faz toda a diferença.

Existem até mesmo regionalismos na forma de se falar a língua brasileira de sinais, assim como acontece com o português, onde existem sotaques e expressões próprias de determinadas regiões do Brasil.

Para se comunicar através da libras é preciso saber que suas palavras e frases, que assim como o idioma oral possuem fonemas, irão ser influenciados pelos seus movimentos, sinais e a parte do corpo de onde eles partem.

Por exemplo, se você faz um movimento partindo da altura do seu umbigo e faz o mesmo movimento, mas partindo do seu peitoral, eles terão significados diferentes.

A complexidade na hora de aprender essa língua não é diferente de qualquer outro idioma falado, mesmo que a maneira como ele é expressado seja.

Existe uma única língua de sinais?

Como o próprio nome já diz a Língua Brasileira de Sinais é a linguagem brasileira com que pessoas surdas se comunicam no Brasil.

Mas, assim como ela existe aqui, existem outras com gramáticas, sintaxes e gestos diferentes em outros países.

Em Portugal existe o LGP (Língua Gestual Portuguesa), nos Estados Unidos a ASL (American Sign Language), na França o LSF (Langue des Signes Française).

E não apenas eles, mas cada país do globo possui sua própria língua de sinais, desenvolvida através dos anos por seus nativos surdos.

A importância da língua de sinais para as pessoas surdas é o mesmo onde quer que vá

Essas línguas gestuais não são diferentes do próprio idioma oral de cada lugar, que veio evoluindo e mudando com a passagem do tempo, se adaptando a população local, as transformações da sociedade, e se tornando mais complexa e completa com o passar dos anos.

Alguns costumam se questionar se não seria mais simples se existisse uma língua de sinais universal, já que comparado as pessoas não surdas aqueles que os são estão em menor número.

No entanto, é exatamente por essa complexidade e riqueza em história e características próprias, que não faria sentido adaptar a um modo usado por todo o globo.

Esse é um modo de comunicação rico em sua história e significados, desenvolvido por cada população através de um longo período de tempo, absorvendo em si suas características e individualidades próprias.

E, da mesma forma como cada país possui sua própria língua de sinais, em um país extenso como o Brasil a própria libras também possui suas individualidades partindo de estado para estado, como dito antes.

Por isso é importante para aquele que tem interesse em aprender essa língua estar sempre em contato com as pessoas com as quais ele irá se comunicar, aprendendo na prática e absorvendo a libras como faria ao aprender um idioma oral novo.

A importância da libras na nossa sociedade

A libras tem um importante papel social na inclusão de pessoas com deficiência auditiva, seja parcial ou completa.

Ela também auxilia no desenvolvimento de aspectos sociais e emocionais, não só da pessoa surda, mas também daqueles que convivem com ela, especialmente amigos e familiares.

Além disso, a inclusão vem sendo algo que aos poucos tem recebido mais da atenção e importância que merecem na nossa sociedade.

Por isso empresas têm sido aconselhadas a não usarem de preconceito ao excluir profissionais com esse tipo de característica, mas sim os incluírem em seus quadros de funcionários.

Mesmo ações simples, como pedir informações, podem ser grandes desafios se a pessoa que questiona não consegue te ouvir

Para isso profissionais que tenham conhecimento em libras acabam sendo bem vistos ao se candidatarem a uma vaga, assim como tem crescido a necessidade de intérpretes nas empresas públicas e privadas.

A libras no entretenimento e veículos de comunicação também é algo essencial, que ajuda a incluir um público que muitas vezes se sente ignorado e mal vindo ao consumir produtos midiáticos.

A TV, por exemplo, se torna muito mais acessível a pessoas surdas a partir do momento em que existe um intérprete para se comunicar com ele.

A dualidade no crescimento e na precariedade do ensino de libras

A legislação brasileira já possui uma lei que garante o direito da pessoa surda a ter um atendimento em seu idioma em qualquer instituição pública.

Isso, somado a outras ações e medidas tomadas nos últimos anos que visam a inclusão, estão fazendo com que profissionais que conheçam a língua de sinais sejam mais necessários nos ambientes.

Sejam em eventos, empresas, programas de TV, escolas, entre tantos outros, a libras aos poucos vem se tornando mais presente. Entretanto, mesmo que existam boas faculdades e universidades que tenham em sua lista o curso de libras, elas ainda são poucas.

Em 2005 foi estabelecido uma lei que obriga todos os cursos de formação de professores e fonologia a terem ao menos uma matéria de libras, onde será apresentado os conceitos básicos sobre o assunto.

Tanto o interesse em aprender quanto o interesse em ensinar libras vem crescendo, mas ele ainda é pequeno comparado as grandes mudanças que precisam acontecer

Isso os ajuda a ter conhecimento de parte da vivência e necessidades das pessoas surdas, assim valorizando mais a inclusão delas na sociedade.

São movimentos importantes na valorização da libras e do seu significado, no entanto ainda são pequenas comparadas ao desconhecimento e desvalorização que ainda existem.

Mudanças estão acontecendo, mas precisamos dar atenção a elas e as fazer serem ainda maiores.

Curso Grátis de Libras Básico

A Prime Cursos oferece a você um curso de LIBRAS grátis e totalmente online, com opção de certificação após a sua conclusão. Comece já e desenvolva habilidades que são valorizadas no mercado de trabalho. Desenvolva habilidades, aprenda mais, compartilhe conhecimento e estude algo novo com o Curso de LIBRAS grátis e online.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui