Qual a diferença entre tradutor e intérprete de libras?

Principais diferenças entre tradutor e intérprete de libras
Principais diferenças entre tradutor e intérprete de libras

Libras? Todos os anos a população surda comemora o Setembro Azul, um mês que reúne várias das datas importantes a essas pessoas e aqueles próximos a elas, incluindo aqueles que trabalham como educadores.

É o caso, por exemplo, do dia 26 de setembro, que é o Dia Nacional do Surdo. Uma data que visa chamar atenção a essa população, suas vivências e necessidades.

Com mais de dez milhões de pessoas surdas hoje no Brasil, o que corresponde a pouco mais de 5% da população brasileira, também vem crescendo a necessidade de profissionais que sejam capazes não apenas de ajudar na educação desses indivíduos, mas também se comunicar com elas.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

É o caso dos intérpretes da Língua Brasileira de Sinais, amplamente conhecida como libras, que tem o dia 30 de setembro como uma homenagem internacional a sua profissão.

Os intérpretes de libras estão presentes em um número cada vez maior de espaços, mas eles fazem o mesmo que tradutores?

Eles estão se tornando cada vez mais presentes em vários ambientes, sejam eles as escolas e faculdades, eventos abertos ao público, órgãos governamentais e pronunciamentos públicos e até mesmo em empresas privadas.

Isso acontece graças às novas leis que vêm sendo implementadas nos últimos vinte anos, que tem como objetivo aumentar a inclusão dessas milhões de pessoas, que sem o uso de uma forma de comunicação mais clara para eles enfrentam muitas dificuldades ao transitar na nossa sociedade.

Mas, além da profissão como intérprete, também existe uma outra totalmente ligada a população surda. É o caso do tradutor da língua de sinais.

Ele não está dentro do grupo de pessoas que tem seu dia comemorado no dia 30 de setembro. Além disso, suas funções e habilidades acabam sendo diferentes do primeiro citado.

Mas afinal, qual a diferença entre os dois? Para entender melhor o que tem de tão diferente nas duas funções resumimos aqui um pouco do que cada profissional faz e quais as habilidades necessárias para cada uma delas.

O que faz e o que é preciso para ser um intérprete de libras?

O intérprete da língua de sinais é aquele que irá transmitir em tempo real a ideia de uma pessoa a outra. Ou seja, em uma palestra, por exemplo, haverá um palestrante discursando de maneira oral suas ideias.

Enquanto isso, também irá estar presente um intérprete de libras, que vai transmitir sua fala de maneira quase sincronizada para a plateia que o assiste.

Essa função pode ser vista tanto no momento em que o intérprete transmite a fala de um ouvinte para um surdo, quanto ao transmitir a fala de um surdo a um ouvinte.

Um espaço que vem usando de maneira constante o uso de intérpretes são as igrejas. Assim elas buscam inserir também as pessoas surdas em seus ritos religiosos.

É uma função cognitivo linguístico que exige um pensamento rápido e um conhecimento extremamente aprofundado sobre a língua, já que um atraso na interpretação também pode prejudicar a transmissão da mensagem.

Ser um intérprete é algo que exige dedicação e muito estudo, mas isso vai além da simples memorização de gestos.

A língua de sinais é tão complexa quanto qualquer outro idioma, possuindo uma gramática própria, sua própria maneira de construir frases e regionalismos que variam de acordo com a região que você está no Brasil.

Além disso, como o próprio nome já deixa claro, a libras é a Língua Brasileira de Sinais. Ou seja, um intérprete de libras não saberá interpretar a língua de sinais de outro país, já que ele é diferente.

Passar a mensagem do português para a libras é como passar uma mensagem do inglês para o português, mas ela será feita através de movimentos espaciais e visuais.

Isso significa que além do raciocínio rápido um intérprete de libras também precisa de percepção, atenção, memória, imaginação e expressividade.

Gestos são transmitidos através de expressões faciais e corporais, então a forma como você se move e demonstra suas palavras em seu rosto também é essencial.

O que faz e o que é preciso para ser um tradutor de libras?

O tradutor de libras têm funções muito mais técnicas do que o intérprete, mas nem por isso menos importante ou difícil.

Ele irá trabalhar com as palavras em vídeos, textos e áudios. Seu trabalho é traduzir uma ideia de uma mídia a outra, que seja acessível a uma pessoa surda.

Ou seja, ao ter um texto em mãos o trabalho do tradutor de libras é passá-lo para a língua de sinais, através de uma filmagem, por exemplo. Essa função acaba exigindo o uso de dicionários e pesquisa mais aprofundada, especialmente em determinadas situações.

O trabalho do tradutor de libras exige um cuidado maior com a pesquisa dos gestos usados.

Como exemplo temos a situação em que, ao traduzir um texto judicial para a libras, o tradutor precisará fazer um juramento, comprovando que o teor foi transmitido de forma fiel a outra língua, que é o caso da libras.

O trabalho desse profissional acaba sendo necessários tanto nesses ambientes, judiciais, como em empresas ou mesmo instituições de ensino.

Ele é diferente do trabalho de um intérprete, podendo fazer adaptações ou encontrando maneiras de transmitir a ideia da forma mais fiel possível tendo em mãos um material físico ou audiovisual.

As dificuldades das sua profissões

Intérpretes e tradutores existem em todos os idiomas, inclusive os falados oralmente. Seus desafios talvez sejam semelhantes, já que em todos os casos precisam transmitir ideias e falas de maneira a preservar o sentido original, mas ainda necessitando fazer adaptações para serem compreendidos.

A língua de sinais acaba sendo um desafio um pouco maior a alguns por sua forma de expressar a fala ser diferente da maioria dos idiomas, o que faz com que iniciantes no aprendizado acabem caindo em armadilhas.

Um exemplo claro é o de intérpretes que ao não saberem ao certo como transmitir uma palavra ou frase acabam o fazendo através da soletração, sinalizando letra por letra do que quer dizer.

Trabalhar como tradutor ou intérprete de uma língua pode ser desafiador

Isso é um erro inexperiente que acaba em não respeitar a sintaxe e as expressões faciais que existem na libras.

É importante saber também que da mesma forma como existem testes para comprovar que uma pessoa sabe falar fluentemente um idioma, como no caso dos testes de proficiência em inglês, o MEC também faz provas para garantir a proficiência dos profissionais que buscam trabalhar como tradutores ou intérpretes de libras.

Ambas são profissões que necessitam de estudo, prática e esforço e não devem ser levadas de forma leviana.

Curso Grátis de Libras Básico

A Prime Cursos oferece a você um curso de LIBRAS grátis e totalmente online, com opção de certificação após a sua conclusão. Comece já e desenvolva habilidades que são valorizadas no mercado de trabalho. Desenvolva habilidades, aprenda mais, compartilhe conhecimento e estude algo novo com o Curso de LIBRAS grátis e online.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

1 COMENTÁRIO

  1. E sempre uma grande oportunidade poder aprender com a prime cursos.
    As informações são transmitidas de forma clara, e os textos escritos de uma forma fácil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui