Como aprender a aprender?

Prime Cursos 02.05.2019

Você utiliza alguma técnica de estudo quando deseja aprender algum assunto? E como consegue, de fato, aprender algo? Você estuda até entender completamente ou acaba mais decorando do que aprendendo?

Muitas pessoas acabam fazendo isso, decorando o assunto para passar em alguma prova ou concurso. Mas, vamos combinar, do que adianta decorar e não aprender? O ideal é tentar absorver ao máximo o conteúdo e obter conhecimento.

Com as distrações do dia a dia, diversas tarefas e compromissos, acabamos perdendo tempo e não focando nos estudos. Por isso, utilizar algumas técnicas de estudo podem ajudar a focar no que realmente interessa, e aprender de verdade.

Para ajudar, selecionamos algumas técnicas para aprender a aprender, e deixar de lado a decoreba. Essas técnicas podem te ajudar a obter conhecimento, e ser aprovado em provas e concursos. Vamos lá?

Técnica 1 – Modo Focado e Modo Difuso

Este conceito divide o cérebro em duas partes: no modo difuso e no modo focado.

O modo focado é a parte mais lenta do cérebro, que tem um modo de pensar mais focado, com mais concentração.

O modo difuso é a parte do descanso mental, ou seja, quando a fixação do conhecimento acontece.

Saber disso pode te ajudar a entender como é importante fazer algumas pausas para períodos intensos de estudo. O ideal é estudar com foco, e fazer pausas para obter a absorção do conhecimento.

Técnica 2 – Períodos de descanso

Para complementar a dica anterior, vamos falar um pouco mais sobre a importância dos períodos de descanso. Existe uma técnica muito interessante que pode ajudar, e que, inclusive, já falamos aqui no blog.

É a Técnica Pomodoro, desenvolvida por Francesco Cirillo, que consiste em utilizar um cronômetro para marcar 25 minutos de foco, sem distrações, e 5 minutos de pausa e descanso

A técnica tem como objetivo aumentar a produtividade no trabalho, e pode ser utilizada na organização de diversos tipos de tarefas, como longos períodos de estudos, projetos que precisam ser finalizados, atividades domésticas, leitura diária e qualquer outra coisa que você desejar adotar na sua rotina.

Você deve fazer assim. Programe o cronômetro para 25 minutos e comece a estudar, com foco e atenção. Não faça nada além disso, apenas estude, sem distrações. Durante esses 25 minutos, você deve apenas estudar, então nada de parar para olhar o celular ou qualquer outra coisa.

Assim que o despertador tocar, faça uma pausa de 5 minutos para a reflexão , que é o modo difuso. Saia de mesa e se dê um momento leve de presente. Aproveite para beber água, se alongar, fazer uma rápida caminhada ou qualquer outra coisa que desejar.

O objetivo é fazer algo que não esteja relacionado com os estudos. E exatamente por não estar fazendo absolutamente nada relacionado àquele trabalho, que seu cérebro vai conseguir se organizar e reter o conhecimento de forma muito mais rápida e eficaz.

Após a pausa, estude por mais 25 minutos e continue a técnica.

O ritual de programar o cronômetro também pode te ajudar a lidar com a procrastinação, aumentando sua disciplina. É muito mais fácil organizar ciclos de foco em períodos como o de 25 minutos do Pomodoro, e quanto mais você treinar, mais fácil vai ficando.

Técnica 3 – Repetição e prática

Repetir e estudar até que o assunto se torne fácil e conhecido para você, é a melhor forma de aprender. O nosso cérebro cria padrões neurais que, quando necessário, podem ser reativados. E podemos utilizar a repetição para conseguir reprogramar o nosso sistema neurológico para aprender esses padrões.

A prática traz a fluência, então quanto mais você praticar, mais irá aprender. Crie o hábito de treinar muito e repetir o que estudou, todos os dias, até perceber que você entendeu totalmente o conteúdo.

Técnica 4 – Conheça a si mesmo

Algumas pessoas têm mais facilidade em aprender determinado assunto do que outras. E isso é totalmente normal.

Se alguém é melhor do que você em matemática, por exemplo, pode significar que essa pessoa apenas teve mais tempo de prática e dedicação.

Reconheça as vantagens e desvantagens do seu processo de aprendizado. Identifique aquilo que você tem mais facilidade e o que tem mais dificuldade. E entenda que você pode desenvolver qualquer habilidade, basta tempo e dedicação.

Esperamos que as dicas de hoje possam ajudar! Qualquer dúvida, deixe seu comentário!

Leia Também

13 Comments

Luís Monteiro Oliveira

Obrigado, PRIME! Continuam excelentes nos tópicos desenvolvidos!

Reply
Francisco de Assis Gonzaga

Muito com certeza e Sempre muito bom essa dicas pra todos nós facilidade no aprendizado isso e ótimo

Reply
Juliano

Ótimas dicas. Vou aproveitar a oportunidade e perguntar porque os emails da prime pararam de vir no meu e-mail com frequência, não configurei nada no site para vir regrado continuo fazendo os cursos inclusive já comprei um diploma, dois ou três meses atrás vinha de dois a quatro emails por semana, agora vem um a cada dez ou quinze dias se puder me esclarecer fico muito grato. Sucesso

Reply
André Francisco

Algumas sim outras nem sempre, principalmente para estudantes trabalhadores.

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *