Como se faz uma mentoria corretamente?

Como se faz uma mentoria corretamente?
Como se faz uma mentoria corretamente?

Cresce cada vez mais o número de pessoas interessadas em investir em metodologias voltadas para o aprimoramento pessoal e profissional. A mentoria é uma das diversas opções nessa área.

Esse formato de treinamento consiste em um processo de compartilhamento de conhecimento entre o mentor (uma pessoa mais experiente, com anos de carreira no assunto em questão) e o mentorado (geralmente uma pessoa iniciante, com sede de aprendizado e crescimento em seu campo de atuação).  

Se você tem o interesse em implementar um programa de mentoria em sua empresa, esse artigo é para você. Quer entender como fazer uma mentoria corretamente? Vamos lá! 

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

Etapas de um programa de mentoria

Um programa de mentoria bem planejado é geralmente organizado em etapas. Para começar, é preciso preparar a equipe que prestará apoio aos envolvidos no programa.

Se você pretende se tornar um mentor, isso inclui investir na sua formação e especialização. Se você deseja implementar um programa de mentoria para sua equipe de trabalho, deve investir na formação das pessoas que se tornarão mentores, fornecendo recursos para que esses funcionários possam transmitir seus conhecimentos adequadamente. 

Mentoria: o passo necessário para ser guiado ao topo do sucesso
Mentoria: o passo necessário para ser guiado ao topo do sucesso

A próxima etapa é preparar os profissionais que serão mentorados. Isso é importante pois a mentoria é um processo que se fundamenta através de uma relação de confiança entre mentor e mentorado, de modo que é fundamental que todos os profissionais envolvidos estejam devidamente comprometidos. Esse também é o momento para compreender as expectativas que os mentorados têm a respeito da mentoria, e as metas almejadas.

Ao final do processo de mentoria, é essencial buscar uma forma de mensurar os resultados obtidos, se correspondem às expectativas previamente estabelecidas e, se for o caso, se estão de acordo com as necessidades da empresa que efetivou o programa. 

Por isso, é preciso ter os objetivos da mentoria bem definidos. Veremos a seguir alguns deles. 

Quais os principais objetivos da mentoria? 

Que a mentoria é uma ótima estratégia para expandir seus conhecimentos a gente já sabe. Mas além disso, há outros objetivos que podem estar envolvidos. A mentoria oferece muitos benefícios para os profissionais comprometidos com seu processo, e também para a organização que promove esse tipo de treinamento. 

Através dela, é possível capacitar profissionais para assumirem cargos de liderança, mas não só: a mentoria viabiliza a preparação de sucessores para funções diversas.

Como na maioria das vezes um programa de mentoria envolve profissionais da própria empresa, isso também impacta de maneira positiva o orçamento da organização, já que ajuda a reduzir os custos com treinamento e desenvolvimento de recursos humanos. 

Confira a seguir mais motivos para investir em um programa de mentoria. 

Por que devo investir em um programa de mentoria?

A maior vantagem do programa de mentoria são os benefícios que gera para todas as partes envolvidas. O processo contribui com o aprimoramento dos mentorados, valoriza e dá visibilidade ao trabalho dos mentores, e fortalece a própria organização. 

Com a orientação que recebem, os mentorados têm acesso a toda bagagem de conhecimento dos seus mentores, o que engrandece sua visão de mundo, ampliando suas possibilidades profissionais. Ao ter acesso às vivências de profissionais mais experientes, se familiarizam com suas trajetórias de erros, acertos e desafios encarados. 

Os mentores também saem ganhando, já que têm a oportunidade de atuar como figuras de autoridade. Isso faz com que tenham seus trabalhos e suas experiências valorizados, o que gera motivação e satisfação pessoal. Além disso, ganham prestígio e reconhecimento dentro e fora da empresa, no mercado profissional como um todo. 

As vantagens para as empresas que investem em programas de mentoria não ficam atrás. Ao valorizar a experiência de seus funcionários e promover o aprimoramento dos mais inexperientes, a organização poderá observar aumento da produtividade das equipes, melhora no relacionamento entre as gerações de funcionários, retenção e desenvolvimento de talentos, desenvolvimento de novos líderes e sucessores e incentivo à circulação da educação, da experiência e do conhecimento internos.

Mais adiante, confira um passo a passo para implementar um programa de mentoria. 

Como implementar o programa na prática?

Agora que você já está por dentro da importância do programa de mentoria, veja como implementá-lo com a ajuda de alguns passos simples.

1. Defina os objetivos do programa

Vale sempre ressaltar a importância de ter os objetivos bem definidos antes de que a mentoria seja iniciada. Qual o propósito por trás do programa de mentoria? A ideia é capacitar novas lideranças? Reter talentos? Difundir o conhecimento interno? Integrar novos colaboradores?

Elenque quais são as prioridades da sua empresa, dessa forma poderá acompanhar o desenvolvimento durante o processo e mensurar seus resultados. O que nos leva ao próximo passo. 

2. Faça uma avaliação de desempenho inicial 

Certifique-se de definir métricas para servirem como mensuração de desempenho antes e depois do processo de mentoria. O sucesso de uma mentoria depende também dos dados iniciais, para que sirvam de base de comparação para os resultados obtidos.

Mentoria: Faça uma análise do seu desempenho constantemente
Mentoria: Faça uma análise do seu desempenho constantemente

Tome como ponto de partida os objetivos estabelecidos e o que precisa ser melhorado ou alcançado. Avalie a situação atual da empresa e defina métricas relevantes e que façam sentido para o seu negócio. 

3. Capacite a equipe de suporte

Para obter o máximo de aproveitamento de uma mentoria, vale a pena criar e capacitar uma equipe de supervisores de relacionamento, que atuarão de forma a acompanhar a interação entre os mentores e seus mentorados. 

4. Planeje o programa

Contando com o auxílio da equipe de suporte criada na etapa anterior, coloque no papel o que tem em mente para o programa de mentoria, de modo a obter um planejamento estratégico. 

Os principais aspectos a serem definidos são a quantidade de pares a serem formados, os critérios para a formação dos pares, um plano de trabalho para as interações, a base de comunicação do programa, o tempo total de duração da mentoria e, por fim, o método de avaliação a ser utilizado. 

5. Selecione mentores e mentorados

Planejamento do programa realizado? É hora de montar os pares que vão compor a mentoria!

Selecione quem são os funcionários a serem treinados e aqueles que possuem a bagagem necessária para capacitar esses talentos. Para fazer essa escolha, leve em consideração as necessidades e demandas dos mentorados

Durante a mentoria, Selecione os mentorandos dos mentorados
Selecione os mentorandos dos mentorados

Vale levar em consideração o nível de identificação entre as duas pessoas, de modo a favorecer sua interação e a confiança necessárias para obter bons resultados. Para facilitar essa etapa, há a opção de aplicar entrevistas e formulários entre os participantes, com o objetivo de identificar perfis comportamentais e a potencial contribuição de cada um para o processo. 

Com base nos dados obtidos, há maiores chances de formar pares mais acertados e que se complementam entre si. 

6. Promova o treinamento dos mentores e mentorados

Esse passo envolve a fase de preparação para a mentoria propriamente dita

Sendo assim, o treinamento deve ser diferenciado para mentores e mentorados: aqueles que serão treinados devem ser preparados para absorver e aproveitar o máximo de conteúdo, e os que promoverão a mentoria devem ser capacitados com técnicas eficientes para transmitir seus conhecimentos da forma mais objetiva e didática possível. 

7. Avalie os resultados

Você se lembra que os dois primeiros passos para fazer uma mentoria corretamente diziam respeito à delimitação dos objetivos e à avaliação do desempenho prévio ao processo de mentoria? Pois então, o último passo é a hora de resgatar esses dados e informações para poder analisar os resultados alcançados. 

Considere também as avaliações realizadas pela equipe de suporte, pelos próprios mentores e mentorados e pelos gestores envolvidos. Dessa forma, a empresa obtém uma visão transversal e integral a respeito da efetividade do programa. 

Curso de Coaching Online Grátis

ficou interessado em tudo o que a mentoria pode te proporcionar? Então, faça um curso de coaching online grátis! Ao todo, são 25 horas de vídeo-aula gratuitas para você ter todo o embasamento legal para conseguir seguir nesta nova profissão. Todos os cursos da Prime Cursos são embasados pelo MEC e estão dentro da portaria federal nº 5.154.

Neste curso, você irá aprender o que é um choaching, o que ele faz, quais os benefícios, os tipos de coachings (pessoal e profissional), bem como aprenderá como funciona cada sessão, os códigos de ética, motivação, indicação de filmes e livros e muito mais! As aulas são 100% online e gratuitas- e no final, ainda há a possibilidade de certificação válida em todo o território nacional, aproveite!

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.