Quais são os óleos essenciais para aromaterapia e quais os benefícios de cada um deles?

óleos essenciais para aromaterapia

A aromaterapia é uma terapia feita por meio dos aromas de óleos essenciais, que a partir de suas propriedades conseguem fornecer benefícios para a saúde e atuar em diversas áreas, principalmente no quesito emocional. Um exemplo é o emagrecimento e o controle da ansiedade, que podem ser controlados e tratados com óleos essenciais para aromaterapia.

Saber qual óleo usar na hora de fazer as terapias com aromas nem sempre é uma tarefa fácil, mas com o conhecimento correto as técnicas podem ajudar a aliviar dores, melhorar o humor e ainda diminuir desconfortos como náuseas e dores estomacais.

Para que você entenda melhor qual óleo usar na aromaterapia, separamos uma lista completa de quais são as principais essenciais usadas. Confira a seguir!

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

Como a aromaterapia funciona?

A natureza é cheia de ervas, plantas, frutas, raízes e flores com diversos benefícios para a saúde, e seus aromas são ricos em propriedades essenciais para o tratamento de dores e desconfortos. 

óleos essenciais para aromaterapia camomila e lavanda
a aromaterapia funciona por meio da inalação de óleos essenciais

Por serem absorvidos de maneira mais rápida pelo corpo por meio dos receptores ligados ao sistema que controla a frequência cardíaca, respiração, pressão arterial e estresse, sua ação costuma levar apenas alguns minutos para surtir efeito.

De modo geral, a aromaterapia é feita com a diluição do óleo em água, mas pode variar de acordo com o óleo usado e a finalidade do aroma.

Leia mais sobre isso clicando aqui!

Quais os benefícios da aromaterapia?

Reduz a ansiedade

Grande parte da gama de essenciais usada nessa terapia ajuda a controlar a ansiedade e deixam o paciente mais relaxados. Porém, vale ressaltar que o efeito é semelhante a uma massagem, e não tende a perdurar por muitas horas após as sessões.

Entretanto, você pode recorrer a aromaterapia sempre que os sintomas da ansiedade surgirem, o que garantirá que crises possam ser evitadas com mais frequência.

Melhoram o sono

Algumas propriedades em óleos específicos como a alfazema, por exemplo, atuam melhorando o sono durante a noite, e também o humor ao acordar. Com isso, o paciente fica mais disposto e consegue ter uma noite de sono mais restauradora.

Dores de cabeça

Indivíduos que fazem aromaterapia com frequência tendem a ter menos dores de cabeça, que também pode ser tratada com a ajuda de alguns aromas como a do hortelã-pimenta. Uma pesquisa descobriu que o uso da aromaterapia com essa essência pode ter o mesmo efeito de medicamentos como o acetaminofeno, comercializado como Tylenol.

Reduzem as inflamações do corpo

Além de tratar as inflamações, alguns óleos essenciais específicos ainda ajudam a preveni-las graças às ações antioxidantes de óleos de gengibre e alecrim, por exemplo.

Aumentam a energia durante o dia

Óleos como o de hortelã ajudam a aumentar a energia e podem agir semelhante ao café dentro do organismo. Isso quer dizer que o desempenho e disposição são melhorados em grande parte dos casos.

Auxiliam em problemas estomacais

O óleo essencial do limão é uma excelente forma de combater náuseas e vômitos. Um estudo demonstrou que grávidas que praticavam aromaterapia com óleo de limão tiveram uma diminuição significativa dos enjoos durante o primeiro trimestre da gravidez.

grávida no primeiro trimestre
o óleo de limão pode ajudar a aliviar os enjoos no primeiro trimestre

Porém, esse óleo não é o único que pode ser usado para tratar problemas digestivos.

Como saber se um óleo essencial é puro?

Muitas pessoas possuem dúvidas quanto aos óleos essenciais e se eles são realmente puros. Levando em consideração que eles ainda não são regulamentados pelo FDA (Food and Drug Administration), fica difícil descobrir se aquele óleo é realmente puro.

No entanto, seguindo as dicas abaixo a garantia de adquirir um óleo essencial original é maior:

  • escolha rótulos que falem sobre a aromaterapia;
  • procure óleos que especifiquem ser 100% puros e orgânicos;
  • procure rótulos com qualidade terapêutica ou destilação a vapor;
  • escolha óleos com vida útil longa, cerca de mais de um ano se armazenado em local seco e fresco. Caso a loja que você estiver comprando for úmida e quente, prefira outro estabelecimento.

Quais são os óleos essenciais para aromaterapia?

Lavada

O óleo de lavanda é um dos óleos essenciais para aromaterapia mais usados e pode trazer diversos benefícios para a saúde em geral. Um dos usos mais comuns desse aroma é alívio dos sintomas da TPM e o relaxamento, além de aliviar sintomas ligados à tristeza e diminuir insônia, ansiedade e enxaqueca. Para isso, basta pingar algumas gotas no travesseiro antes de se deitar.

óleo de lavanda
o óleo de lavanda é calmante e pode ser usado até mesmo em bebês

Pode ser usado contra picadas de abelhas, formigas, borrachudos e outros insetos, já que é antisséptico. Em pacientes que passaram por cirurgia, o óleo de lavanda ainda evita quelóides, também tendo uma função importante contra queimaduras de sol ou combustão aliviando a dor e cicatrizando mais rapidamente a pele.

Outro grande benefício do óleo é que a lavanda é hipoalergênica, e pode ser usada nos banhos dos bebês para cuidar de pequenas irritações da pele e acalmar o pequeno antes de dormir para uma noite mais tranquila.

Laranja

Com a função principal de acelerar o metabolismo e ajudar nas funções digestivas, o óleo de laranja pode ser considerado um tônico estomacal.

Pode ser usado principalmente para tratar disfunções renais e da bexiga e ainda atua beneficamente em crianças para tratar medo, nervosismo e irritação.

Um estudo descobriu que o óleo de laranja também atua diminuindo a ansiedade principalmente durante o trabalho de parto, aumentando o relaxamento das gestantes nesse período que costuma gerar muita insegurança, medo e até mesmo inquietação.

Sálvia

O óleo de sálvia também faz parte dos óleos essenciais para aromaterapia e ajuda a reduzir a pressão arterial e aumentam o relaxamento. A erva ainda atua melhorando a memória e a atenção do paciente. Além de poder ser adicionada na comida, usar o óleo da erva na aromaterapia ajuda a potencializar seus benefícios.

Alecrim

Enquanto a sálvia trata a pressão arterial alta, o alecrim trata pacientes com pressão baixa, fraqueza e tonturas por estimular a circulação do sangue. Pode ser usado também para prevenir a queda de cabelo e combater a caspa quando o óleo é massageado diretamente no couro cabeludo.

ramo de alecrim
o alecrim estimula a circulação sanguínea

Por melhorar a capacidade cerebral, muitos profissionais usam a aromaterapia para potencializar a precisão e velocidade durante a execução de tarefas mentais exigentes. Junto a isso, ainda aumenta a energia e reduz a fadiga, sendo essencial para os dias que precisamos de um gás a mais.

Hortelã

O óleo essencial de hortelã é excelente para descongestionar as vias nasais e tratar rinite, tosse, resfriados, sinusite e bronquite. Também é usado em massagens esportivas por atuar diretamente nas dores musculares, músculos cansados e inchaços locais.

O hortelã também é bastante eficiente na hora de manter o paciente em alerta, e pode ser comparado ao café por fornecer altos níveis de energia e melhorar a memória.

As principais características do hortelã são suas ações vasoconstritora, carminativa, bactericida, analgésica, cefálica e anti-inflamatória. A erva ainda ainda ajuda a reduzir os níveis do cortisol, hormônio do estresse.

Canela

A canela é responsável por aumentar o foco, já que alimenta a região cerebral que governa nosso estado de alerta. Ainda aumenta a concentração e melhora o humor, além de eliminar toxinas do organismo e dar saciedade, contribuindo para a perda de peso.

Limão

O principal benefício do óleo de limão e ajudar em desconfortos digestivos principalmente em mulheres grávidas. Isso quer dizer que esse tipo de óleo pode ser usado na aromaterapia durante o primeiro trimestre da gravidez para diminuir os enjoos de forma natural e não invasiva.

limão
o óleo de limão ajuda a aliviar o estresse e ansiedade

Porém, o óleo de limão não é usado apenas para isso: a essência também ajuda a aliviar o estresse e a ansiedade, além de melhorar o humor.

Eucalipto

O óleo essencial de eucalipto é um dos mais usados para tratar doenças das vias respiratórias, principalmente de gripes e resfriados. No entanto, também se mostra eficiente para o tratamento da rinite, dor de garganta, bronquite, congestão nasal, asma e sinusite.

O que muitos não sabem é que essa essência também pode ser usada para desinfetar os ambientes contra fungos e bactérias e atuar como um repelente natural de insetos.

Atrelado a isso, ainda alivia dores de cabeça e promove a clareza mental.

Bergamota

A bergamota, também conhecida como tangerina ou mexerica, é uma fruta cítrica que conta com propriedades que ajudam a controlar os níveis de cortisol, o que consequentemente diminui os níveis de estresse no dia a dia. Com isso, melhora o humor, podendo ser usado também durante a TPM.

Capim-limão

O óleo de capim limão oferece diversos benefícios para a nossa saúde, incluindo no controle da ansiedade e tensão. Porém, o óleo desta erva ajuda também na recuperação de traumas estressantes, e age como um repelente natural.

Ylang Ylang

A ylang ylang é uma flor que atua diretamente no sistema nervoso e eufórico, agindo como um hipotensor e sedativo, além de diminuir os sintomas da ansiedade, tensão e também controlar a pressão arterial.

ylang ylang
o óleo de ylang ylang age como um calmante natural

O óleo também pode ser usado como afrodisíaco e ajuda no tratamento de frigidez e impotência, sendo ainda um calmante natural que alivia a taquicardia e respiração acelerada.

A planta ainda trata as inflamações e infecções principalmente intestinais por agir como um antisséptico. No entanto, pode ser usada também nos cabelos para melhorar o crescimento e textura dos fios.

Sândalo

Atua diretamente no humor e melhora os sintomas depressivos. Seu uso se dá principalmente pela aromaterapia e massagem, que também ajuda no relaxamento do corpo. 

Algumas pessoas ainda usam o óleo de sândalo para melhorar o foco em atividades que demandam muita concentração.

Camomila

A camomila tem propriedades calmantes que ajudam o paciente a dormir melhor. Uma dica é aplicar algumas gotas do óleo de camomila direto no travesseiro antes de dormir para ter uma noite de sono tranquila e evitar a insônia, da mesma forma como é feita com o óleo de lavanda.

Também pode ser usada para acalmar os nervos e inflamações de pele em banhos de imersão.

Toranja

Embora não seja tão conhecida no Brasil, a toranja, ou grapefruit, ajuda no relaxamento e no controle da pressão arterial. Tudo isso graças ao limoneno, ingrediente ativo do óleo de toranja que equilibra o humor e proporciona uma sensação de bem-estar e relaxamento.

Jasmin

O jasmim é uma flor bastante conhecida e seu óleo é capaz de melhorar o humor e atuar como um afrodisíaco natural. Com isso, diversos pacientes se sentem mais otimistas e positivos após uma sessão de aromaterapia com óleo de jasmim.

Melaleuca

Pertencente à família das mirtáceas, a melaleuca é um tipo de arbusto florido capaz de tratar quase todos os tipos de infecções, desde acnes até herpes e candidíase. No entanto, também pode ser usado para problemas de pele causados por fungos como micoses, ainda sendo eficiente em aftas, dor de ouvido e de dente, psoríase e furúnculos.

melaleuca
a melaleuca trata infecções e fortalece o sistema imunológico

Suas propriedades também agem fortalecendo o sistema imunológico e auxiliando no combate a doenças como gripes e resfriados.

Gerânio

O óleo de gerânio é destinado especialmente para as mulheres por atuar no equilíbrio hormonal durante a TPM e menopausa. Dessa forma, trata cólicas menstruais, inchaço, fluxo irregular e seios doloridos. Na pele trata as rugas e linhas de expressão e ainda ajuda no relaxamento, proporcionando uma sensação de bem-estar e eliminando sintomas como agitação, tensão nervosa, ansiedade e nervosismo.

Tem ação antiespasmódica, anti séptica, cicatrizante e bactericida, podendo ser usada para cicatrização de feridas na pele.

Cedro

Usado especialmente para desinflamar a pele, o óleo de cedro atua na produção de colágeno e elimina a celulite quando usado em massagens. Ainda trata a pele acneica e oleosa, sendo eficiente para a eliminação de eczemas.

Quando usado na aromaterapia, o óleo proporciona tranquilidade e diminui o estresse, irritabilidade e ainda age como sedativo.

Outro grande benefício é o alívio da tosse e excesso de muco principalmente em crianças pequenas.

Depois de ver quais são os óleos essenciais para aromaterapia ficou mais fácil entender os grandes benefícios que esses ingredientes e a técnica proporciona para a saúde principalmente emocional. Usando o óleo correto você consegue evitar episódios de insônia, ansiedade e até melhorar o humor de forma rápida e totalmente natural.

Curso Grátis de Aromaterapia

Aromaterapia é um ramo da osmologia que consiste no uso de tratamento baseado no efeito que os aromas de plantas são capazes de provocar em um indivíduo. Em outras palavras, nada mais é que o uso de aromas e óleos de plantas como tratamento auxiliar.

E se você tiver interesse, não precisa gastar nada para aprender, a Prime Cursos oferece o Curso de Aromaterapia 100% Grátis, confira!

aromaterapia
Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui