5 coisas que podemos aprender com Stephen Hawking

Prime Cursos 14.05.2018

“Lembre-se de olhar para o alto, para as estrelas, e não para baixo, para os seus pés” Stephen Hawking

Stephen William Hawking foi um físico teórico, pesquisador, cosmólogo britânico, e um dos mais consagrados cientistas da atualidade.

Foi diagnosticado, aos 21 anos, com esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença degenerativa que, de acordo com os médicos, iria progressivamente paralisar seus músculos, e o levaria à morte em no máximo três anos.

Física e astronomia sempre foram suas paixões, e apesar de sua doença, Stephen Hawking nunca parou de pesquisar e ensinar. Ele recebeu diversos prêmios, e entre eles, o Prêmio Especial de Física Fundamental, de 3 milhões de dólares.

Infelizmente, o físico faleceu recentemente, mas nos deixou ensinamentos preciosos. Veja abaixo 5 coisas que podemos aprender com Stephen Hawking:

Não crie barreiras para a felicidade

Nada fez com que Hawking abandonasse os estudos, aproveitasse a vida e fizesse tudo o que gostava. Ele já celebrou seu aniversário num balão, cantou com sua voz artificial num disco da banda Pink Floyd, e até já flutuou sem gravidade para incentivar o interesse pelo espaço. E claro, ele nunca deixou de compartilhar suas teorias com o mundo. Perdeu a voz e começou a utilizar um sintetizador para se comunicar, ou seja, não desistiu e adotou a sua própria maneira de falar. O que podemos aprender com ele é que podemos fazer qualquer coisa. Siga o exemplo e não crie barreiras para a felicidade!

Aceite os erros

Ninguém é perfeito. Todos têm defeitos e comentem erros. Em um evento de celebração dos seus 70 anos, Hawking contou que não tinha aprendido a ler corretamente até os oito anos de idade, e que seus amigos de escola até falavam que ele nunca chegaria a nada. Por isso, aprenda com ele e aceite a imperfeição. Hawking disse: “Da próxima vez que alguém reclamar que você cometeu um erro, diga a essa pessoa que talvez isso seja uma boa coisa, porque sem imperfeição nem você nem eu existiríamos”.

Nunca desista

O físico dizia que “não importa o quão ruim a vida possa ser, há sempre alguma coisa que você pode fazer e ter sucesso“. O médico lhe deu no máximo 3 anos de vida, e mesmo assim ele não desistiu, pois, como ele mesmo dizia, enquanto há vida, há esperança. Então, por mais difícil que seja o caminho, não pense em desistir. Siga em frente e alcance seu objetivo.

Descubra o que alimenta sua paixão

Hawking descobriu sua paixão e nunca deixou que nada afetasse seus estudos. O objetivo central de suas investigações era os buracos negros. Ele nunca parou de estudar, independente de tudo o que aconteceu. Por isso, descubra o que você ama fazer, e não deixe isso morrer por nada. Se dedique ao que te faz feliz e coloque isso como prioridade.

Sempre mantenha o senso de humor

Apesar das limitações, o físico nunca deixou o bom humor de lado. Em suas aparições públicas, palestras e publicações, sempre manteve o senso de humor, e declarou, de forma bastante alegre, que suas menções e aparições nos seriados The Big Bang Theory e Os Simpsons são mais populares que seus trabalhos científicos.

Hoje trouxemos apenas 5 coisas, mas saiba que é possível aprender muito com Stephen Hawking.

Se você gostou do artigo, deixe o seu comentário!

Prime Cursos

Leia Também

9 Comments

tereza guedes

devemos com certeza aprender com pessoas como ele,as vezes ficamos murmurando por coisas pequenas,,,,

Reply
TONY TAVARES

Hawking foi um ser humano inspirador em muitas coisas. Tenho 3 dos seus livros e quanto mais leio, mais fico fascinado pela genialidade deste homem.
Há cerca de 3 anos atrás eu fui diagnosticado com um câncer e ainda assim em meio as lutas continuo estudando, como Hawking fez até o fim de sua vida.

Reply
Lussandra

É isso mesmo, temos que sempre pensar positivo.Levantar a cabeça e bola pra frente.

Reply
jose albertino silva filho

ele e uma inspiraçao para qualquer ser humano mesmo em uma situaçao de saude deixa um legado desse.

Reply
Pedro Hispano

Uma vida que é uma magistral lição que não vou esquecer jamais. Obrigado

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *