Quais são os tipos de Kanban? Conheça mais sobre cada um deles

tipos de Kanban

Liderar uma equipe e gerir as tarefas e produção pode ser uma tarefa difícil na maioria das empresas, já que isso envolve controlar as demandas e acompanhar os processos. Pensando em melhorar esse aspecto dentro das organizações, deu-se início ao método e tipos de Kanban, um sistema de gestão de tarefas que organiza e otimiza o fluxo de trabalho de forma simples e eficiente.

Criado no Japão, o método Kanban tinha como objetivo aumentar a produtividade, agilizar as tarefas e gerenciar os processos evitando problemas que causassem atrasos nas linhas de montagem da Toyota. 

Com o passar dos anos, a prática de gestão tornou-se popular entre as empresas e se estendeu a outras áreas corporativas, sendo atualmente usada em dezenas de nichos no mercado.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

Confira a seguir os principais tipos de Kanban!

O que é Kanban e como funciona?

Antes de falar mais sobre cada tipo de Kanban, é importante que você entenda o que é esse método e como ele funciona. De forma resumida, o método Kanban é um sistema de gestão visual que usa cartões coloridos para registrar ações, tarefas e processos. Em tradução livre do Japonês, Kanban significa cartão, sendo esse um sistema ágil e simplificado para gerir as atividades de uma empresa.

o sistema Kanban tradicional é dividido em etapas de produção para sinalizar o fluxo de trabalho da empresa
o sistema Kanban tradicional é dividido em etapas de produção para sinalizar o fluxo de trabalho da empresa

O método está ligado a sistemas que possuem grande fluxos de demandas e atuam no conceito mercadológico JIT (just in time). Nele, usa-se colunas, cartões e quadros dividido em etapas de produção em to do, doing e done.

Em cada uma dessas etapas colocam-se cartões que representam tarefas, a fim de ter um controle maior do estágio de produção de cada item da empresa.

Quais são os tipos de Kanban?

Kanban de produção

O Kanban de produção é voltado especialmente para a gestão de tarefas, e funciona da forma como foi criado, separando por meio de colunas e cartões coloridos todas tarefas que estão para fazer, as que estão sendo executadas e aquelas que já foram finalizadas.

Embora o sistema foi criado usando apenas 3 colunas, muitas empresas acabam adicionando novos nichos de acordo com sua necessidade.

Hoje em dia o Kanban de produção é usado especialmente por equipes de marketing, TI e contabilidade que normalmente trabalham com prazos mais curtos e demandam um nível de produtividade mais elevado.

Nesse tipo de sistema, cada cartão deve conter informações mínimas e essenciais sobre as tarefas que serão desempenhadas como:

  • o que deve ser feito;
  • prazo;
  • responsável por executar a tarefa.

As diferentes cores dos cartões podem indicar o andamento da atividade ou do setor responsável, além da complexidade da tarefa, tempo (maior ou menor) e urgência de entrega.

Kanban de movimentação

Usado especialmente em indústrias, é um Kanban que controla as entradas e saídas do estoque, a fim de otimizar e organizar o processo de produção sem acúmulos ou atrasos. No Kanban de movimentação, as equipes se comunicam por meio de cartões que indicam o status do produto e quando ele está pronto para ser enviado para a próxima equipe. De modo geral, é um Kanban que funciona para produtos que são produzidos em etapas, sendo cada uma delas finalizada por um time diferente.

Para que você entenda de uma forma mais simples, imagine que a Toyota está produzindo um lote com 200 carros, mas o processo de produção só avança a cada cota de 20 carros concluídos.

no Kanban de movimentação a empresa sinaliza em qual etapa de produção o produto se encontra dentro do quadro
no Kanban de movimentação a empresa sinaliza em qual etapa de produção o produto se encontra dentro do quadro

Na etapa de produção, divide-se as tarefas em montagem, mecânica, pintura e acabamento.

Para que a equipe de montagem possa começar a montar uma nova cota de 20, é necessário finalizar a produção de todos os outros 20 antes de receber novas unidades. Para isso, a montagem deve enviar a cota pronta para a equipe de mecânica, que só poderá receber uma nova cota quando enviar um cartão avisando que já finalizou os outros 20 e que está apta para receber mais demanda, e assim por diante.

Apesar de ser um método lento, é considerado bastante eficiente por usar os recursos financeiros e humanos de forma mais sustentável e responsável, além de garantir que toda a produção trabalhe de forma coordenada para evitar que o trabalho fique parado por muito tempo em alguma das etapas de produção.

E-Kanban

O e-Kanban é uma das versões mais contemporâneas da metodologia, e trata-se de uma evolução que usa ferramentas digitais e eletrônicas para gerenciar serviços, tarefas e processos.

Um grande exemplo disso é o Trello, um dos sistemas de gestões mais usados hoje em dia, no qual você pode configurar colunas e cartões, além de etiquetas coloridas que sinalizam a etapa e tipo de tarefa.

Embora para muitas pessoas o e-kanban não seja considerado um dos tipos de kanban e sim apenas uma conversão da técnica japonesa para o mundo digital, essa metodologia tem se mostrado bastante eficiente nos processos de comunicação interna e agilidade de produção.

Kanban de estoque

Apesar de pouco usado, o Kanban de estoque serve para controlar o estoque de produtos de empresas que trabalham com produção de larga escala e com variedades do mesmo produto. A partir dele o gerente de produção consegue ter uma média de produtos vendidos por mês e garantir que a produção seja feita com base nesses números, a fim de evitar prejuízos por faltas e excessos.

o Kanban de estoque é usado para monitorar a quantidade de determinado produto no estoque da empresa
o Kanban de estoque é usado para monitorar a quantidade de determinado produto no estoque da empresa

Com esses dados e com o controle do que está sendo produzido, fica mais fácil identificar quando a equipe deve dar uma atenção maior para determinado produto caso o estoque atinja o vermelho, o que garante que a mercadoria não fique em falta no mercado.

Quais os objetivos principais do Kanban?

O Kanban pode ser usado para diversos objetivos, sendo o principal o aumento da produtividade do negócio, já que a ideia do método é otimizar as tarefas, garantir a qualidade da execução e prezar pela agilidade para entrega dos prazos estabelecidos.

O método ainda pode ser usado para acompanhar os status das atividades e desempenho da equipe, sendo uma ótima ferramenta de análise de dados.

Você pode notar por meio do Kanban, por exemplo, que um dos estágios de produção leva muito tempo para finalizar o trabalho, ou que a empresa possui um estoque muito grande de determinado produto, o que significa que o tempo da equipe está sendo gasto em tarefas desnecessárias.

Depois de ver quais são os tipos de Kanban, não deixe de começar a aplicar esse método na gestão da sua empresa agora mesmo. Embora tenha sido criado para agilizar o processo de produção de automóveis, hoje em dia é possível usar o Kanban em qualquer nicho e empresa do mercado, resultando em um fluxo de trabalho mais leve e otimizado.

Curso de Sistema Kanban Online Grátis

É um sistema organizacional que todo colaborador de uma indústria deveria conhecer, não somente pela organização na produção que este sistema traz, mas também pela filosofia organizacional que transmite a todos os envolvidos no sistema produtivo. Será abordado no curso todos os detalhes de como funciona e também um exemplo prático real de como este sistema funciona na área produtiva.

https://youtu.be/It6a8-lkfGc

Aproveite e comece agora na Prime o seu Curso do Sistema Kanban 100% Gratuito!

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui