do lado esquerdo um porteiro ao telefone e do lado direito um controlador de acesso.

Qual a diferença entre porteiro e controlador de acesso?

Apesar das diferenças entre porteiros e controladores de acesso eles são profissionais que muitas vezes trabalham juntos de forma colaborativa para garantir a segurança em diferentes tipos de estabelecimentos, incluindo prédios comerciais, condomínios residenciais, escolas e hospitais. E embora muitas pessoas acreditem que as funções desses profissionais são iguais, há diferenças significativas entre elas.

Um porteiro é responsável por receber os visitantes, verificar suas identidades e autorizar sua entrada em um determinado estabelecimento, sendo o primeiro ponto de contato do local. Além disso, eles também são responsáveis por monitorar o movimento de pessoas e veículos dentro do local, garantindo a segurança dos moradores ou funcionários. Já um controlador de acesso é responsável por garantir a segurança em áreas restritas, como portarias, estacionamentos e entradas de prédios, verificando a identidade dos visitantes e autorizando ou negando sua entrada de forma mais burocrática.

Embora as funções desses profissionais possam se sobrepor em alguns casos, é importante entender as diferenças entre elas para garantir a contratação do profissional adequado para cada situação. A seguir, apresentamos mais informações sobre as diferenças entre porteiro e controlador de acesso, bem como as habilidades necessárias para desempenhar cada uma dessas funções.

Definições básicas

Ao contratar serviços para controle de acesso em empresas, condomínios, ou qualquer outro tipo de estabelecimento, é comum surgirem dúvidas sobre as diferenças entre as funções de porteiro e controlador de acesso. Ambos são responsáveis por verificar a identidade dos visitantes e controlar o acesso de pessoas, mas existem diferenças significativas entre as duas funções.

Porteiro

O porteiro é o profissional responsável por controlar a entrada e saída de pessoas em um estabelecimento. Ele é o primeiro ponto de contato com visitantes e deve verificar a identidade de cada um deles, autorizando ou negando o acesso. Além disso, o porteiro também pode ser responsável por outras atividades, como o recebimento de correspondências e encomendas, o monitoramento de câmeras de segurança e a realização de rondas no perímetro do estabelecimento.

porteiro sentado em sua mesa de trabalho

Controlador de Acesso

O controlador de acesso, por sua vez, é responsável pelo controle de acesso externo ao estabelecimento. Ele pode atuar em portarias, guaritas ou outros pontos de controle, verificando a identidade de visitantes e autorizando ou negando o acesso. Ao contrário do porteiro, o controlador de acesso atua antes e após a portaria, controlando também locais internos dos prédios.

Em resumo, ambas as funções são importantes para garantir a segurança do estabelecimento e de seus ocupantes, com o porteiro sendo muitas vezes o primeiro contato com os visitantes ou moradores, enquanto o controlador de acesso atua de forma mais burocrática autorizando ou não a entrada em determinados setores do local.

Principais Responsabilidades

Outra diferença entre o porteiro e o controlador de acesso são suas responsabilidades, abaixo você confere algumas delas:

Responsabilidades do Porteiro

O porteiro é responsável por garantir a segurança e o controle de acesso em um determinado local, como um condomínio residencial ou um prédio comercial. Suas principais responsabilidades incluem:

  • Identificar e autorizar a entrada de moradores, visitantes e prestadores de serviço;
  • Receber e entregar correspondências e encomendas;
  • Controlar o acesso de veículos;
  • Zelar pela ordem e limpeza do local;
  • Comunicar aos responsáveis qualquer ocorrência ou irregularidade.
porteira atendendo dois cliente por cima da bancada.
É responsabilidade do porteiro proporcionar o melhor atendimento possível, sempre ouvindo atentamente o morador ou visitante.

Responsabilidades do Controlador de Acesso

O controlador de acesso, por sua vez, é responsável por controlar a entrada e saída de pessoas e veículos em um determinado local. Suas principais responsabilidades incluem:

  • Identificar e autorizar a entrada de visitantes e prestadores de serviço;
  • Controlar o acesso de veículos a estacionamentos particulares;
  • Fiscalizar a circulação de pessoas no local;
  • Zelar pela ordem do local;
  • Comunicar e agir em caso de ocorrência ou irregularidade.

É importante ressaltar que as responsabilidades podem variar dependendo do local e das especificidades do trabalho em questão. Em alguns casos, o porteiro pode ter atribuições semelhantes às do controlador de acesso e vice-versa. No entanto, em geral, as funções são distintas e exigem habilidades e conhecimentos específicos.

Áreas de Atuação

A área de atuação de um porteiro e um controlador de acesso é outra diferença entre as profissões, mas em diversos locais existe uma convergência de ambas, fazendo com que muitas vezes os dois profissionais trabalhem em conjunto.

Área de Atuação do Porteiro

O porteiro é responsável por controlar e monitorar o acesso de pessoas e veículos em um determinado local, como condomínios, empresas, hospitais, entre outros. Ele é o primeiro contato do visitante com o local, cumprimentando-o e verificando sua identificação antes de permitir sua entrada.

dois porteiros sentados atrás do balcão de atendimento de uma recepção.
O porteiro sempre deve estar atento aos visitantes para garantir a segurança do local e evitar que desconhecidos adentem o local.

Além disso, o porteiro também é responsável por receber e entregar correspondências, encomendas e documentos aos moradores ou funcionários do local. Ele deve estar sempre atento e vigilante, garantindo a segurança dos moradores ou funcionários e do patrimônio do local.

Área de Atuação do Controlador de Acesso

Já o controlador de acesso é responsável por controlar o acesso de pessoas e veículos em um determinado local, assim como o porteiro. No entanto, sua atuação é mais ampla, pois ele é responsável por controlar o acesso em toda a área do local, incluindo estacionamentos e áreas restritas.

O controlador de acesso deve estar sempre atento e vigilante, verificando a identificação dos visitantes e controlando a entrada e saída de pessoas e veículos. Ele também é responsável por garantir a segurança do local, monitorando as câmeras de segurança e acionando a polícia ou os bombeiros em caso de emergência.

O porteiro é responsável por controlar o acesso de pessoas e veículos em um determinado local, enquanto o controlador de acesso é responsável por controlar o acesso em toda a área do local, incluindo estacionamentos e áreas restritas. Ambos devem estar sempre atentos e vigilantes, garantindo a segurança dos moradores ou funcionários e do patrimônio do local.

Habilidades Necessárias

Ao contratar um profissional para atuar na portaria, é importante levar em consideração as habilidades necessárias para a função. Tanto o porteiro quanto o controlador de acesso precisam ter diferenças nas habilidades para desempenhar suas funções adequadamente.

Habilidades do Porteiro

O porteiro é o profissional responsável por controlar a entrada e saída de pessoas em um estabelecimento ou condomínio. Algumas das habilidades necessárias para o porteiro incluem:

  • Conhecimento básico em informática para operar sistemas de controle de acesso;
  • Habilidade de comunicação para lidar com visitantes e moradores;
  • Conhecimento sobre segurança patrimonial para identificar situações de risco;
  • Capacidade de trabalhar em equipe com outros profissionais da portaria;
  • Discrição e sigilo para manter a privacidade dos moradores.
porteiro vigiando câmeras de segurando de um estabelecimento.
O conhecimento em informática é importante pra um porteiro para o controle das câmeras e programas de segurança do estabelecimento.

Leia também: Como se tornar um porteiro?

Habilidades do Controlador de Acesso

O controlador de acesso, por sua vez, é responsável por verificar a identidade dos visitantes e controlar o acesso de veículos em um estabelecimento ou condomínio. Algumas das habilidades necessárias para o controlador de acesso incluem:

  • Conhecimento técnico para operar sistemas de segurança, como câmeras de vigilância e sistemas de controle de acesso;
  • Habilidade de comunicação para lidar com visitantes e motoristas;
  • Conhecimento sobre segurança patrimonial para identificar situações de risco;
  • Capacidade de trabalhar em equipe com outros profissionais da portaria;
  • Discrição e sigilo para manter a privacidade dos moradores.
porteiro atendendo o telefone.
Tanto o porteiro quanto o controlador de acesso precisam ter habilidades técnicas e interpessoais para desempenhar suas funções com eficiência e segurança.

Leia também: Qual o salário de um porteiro?

Ferramentas e Tecnologias

Ferramentas Utilizadas pelo Porteiro

Para realizar as tarefas diárias o porteiro utiliza algumas ferramentas que são essenciais para o desempenho de suas funções. Algumas dessas ferramentas são:

  • Interfone: O interfone é uma ferramenta que permite que o porteiro se comunique com os visitantes e moradores do local. Com essa ferramenta, o porteiro pode identificar quem está chegando e autorizar ou não a entrada.
  • Computador: é nele que ficam os registros eletrônicos do dia a dia, os programas de gestão, planilhas e os programas de monitoramento de câmeras do estabelecimento
  • Livro de registros: O livro de registros é uma ferramenta que permite que o porteiro registre a entrada e saída de pessoas e veículos do local. Essa ferramenta é importante para manter o controle e a segurança do local. Além de ser uma registro físico em caso do computador apresentar algum problema.

Tecnologias para o Controlador de Acesso

Já o profissional de controle de acesso se utiliza de outras ferramentas para o seu cotidiano, apesar de compartilhar alguns equipamentos com o porteiro, a utilização de cada um pode ser diferente dado a natureza do trabalho.

  • Catracas eletrônicas: As catracas eletrônicas são equipamentos que permitem controlar o acesso de pessoas em um determinado local. Com essa tecnologia, o controlador de acesso pode autorizar ou não a entrada de uma pessoa.
  • Biometria: A biometria é uma tecnologia que permite identificar uma pessoa por meio de suas características físicas, como impressão digital, retina e face. Com essa tecnologia, o controlador de acesso pode garantir a segurança do local.
  • Câmeras de segurança: As câmeras de segurança são tecnologias que permitem monitorar o local e identificar possíveis ameaças. Com essa tecnologia, o controlador de acesso pode garantir a segurança do local e tomar as medidas necessárias em caso de emergência.
foco na cintura do porteiro onde se vê uma radio comunicador e uma chave.
Tanto o porteiro quanto o controlador de acesso cuidam da segurança de um local e devem sempre atualizados das novas tecnologias de segurança para proporcionar a melhor proteção para moradores e visitantes.

Aspectos Legais e Regulamentação

Tanto o porteiro quanto o controlador de acesso são profissões regidas pelas normas estabelecidas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e pela Norma Regulamentadora 17 (NR-17), que estabelece as condições de trabalho para atividades que envolvam esforço físico e mental.

É importante ressaltar que, para exercer a profissão de porteiro ou controlador de acesso, é recomendado ter um curso de formação específico para possuir as habilidades básicas para exercer as tarefas diárias de um porteiro ou controlador de acesso.

Mercado de Trabalho e Oportunidades

O mercado de trabalho para porteiro e controlador de acesso é bastante amplo, principalmente em grandes cidades e empreendimentos comerciais e residenciais. Ambas as funções são importantes para garantir a segurança e o controle de acesso de pessoas e veículos em diversos locais.

Os requisitos para se tornar um porteiro ou controlador de acesso podem variar de acordo com a empresa ou condomínio contratante, mas em geral, é necessário ter ensino fundamental completo e experiência na área de segurança. Algumas empresas podem exigir cursos específicos na área ou treinamentos para o desempenho da função.

Além disso, existem oportunidades para crescimento profissional, como a possibilidade de se tornar supervisor de segurança ou gerente de segurança em grandes empresas. É importante ressaltar que a área de segurança é regulamentada por lei e é necessário estar em dia com as normas e regulamentações para exercer a função.

porteiro realizando atividades no computador.

Formação e Capacitação Profissional

Tanto o porteiro quanto o controlador de acesso precisam ter uma formação e capacitação profissional adequadas para desempenhar suas funções com eficiência e segurança.

No caso do porteiro, a formação pode variar de acordo com a empresa ou condomínio em que ele trabalha. Mas é recomendado que o porteiro possua um curso na área para já entrar no mercado de trabalho com conhecimento sobre os procedimentos de segurança. Já para o controlador de acesso, é comum que as empresas exijam um curso específico na área.

Além da formação, é importante que tanto o porteiro quanto o controlador de acesso passem por treinamentos e capacitações periódicas para atualização de conhecimentos e aprimoramento de habilidades. Isso contribui para uma atuação mais eficiente e segura desses profissionais.

Podemos ver que as diferenças entre porteiro e controlador de acesso são distintivas, mas que em alguns lugares as duas profissões podem convergir. Apesar das diferenças a capacitação e atenção na hora de executar as tarefas é fator decisivo para um bom profissional.

Curso de Porteiro Online Grátis

porteiro

Para se tornar um porteiro eficiente, é necessário possuir habilidades além de uma boa comunicação! O cargo de porteiro demanda uma gestão integral das necessidades de segurança e logística de um estabelecimento, o profissional precisa ter conhecimento em uma variedade de áreas, incluindo procedimentos de segurança, atendimento ao cliente, técnicas de comunicação, primeiros socorros, e controle de acesso. Por isso, a qualificação profissional é crucial, bem como o interesse em formação continuada em campos relacionados, como segurança patrimonial, gestão de crises, tecnologias de segurança, atendimento de excelência ao cliente, entre outros.


Stories

Posts Recentes

  • Descubra Qual o Salário de um Síndico Profissional no Brasil
    Um síndico profissional é uma pessoa contratada para gerenciar e administrar um condomínio. Ele é responsável por garantir que o prédio esteja em boas condições, que os moradores estejam satisfeitos e que as finanças do condomínio estejam em ordem. Mas qual é o salário de um síndico profissional? De acordo com o site Salario.com.br, o…
  • Quais as vantagens de possuir uma recepcionista em sua empresa?
    Por muito tempo o papel principal da recepcionista dentro das empresas se restringia a atender o telefone e recepcionar os clientes. Hoje, esse profissional evoluiu para se tornar um elemento chave na criação de uma boa primeira impressão que clientes, parceiros e potenciais colaboradores têm da empresa. Assim, a presença de uma recepcionista habilidosa traz…
  • Modelo de Currículo Simples para Auxiliar de Escritório
    Se você concluiu o curso de Auxiliar de Escritório pela Prime Cursos do Brasil e está em busca da sua primeira oportunidade na área administrativa, temos uma excelente notícia para você! Desenvolvemos um modelo de currículo simples especialmente para quem já possui o certificado do curso, abrangendo todas as habilidades e conhecimentos adquiridos. Este modelo…
  • Guia: como gerenciar tarefas simultâneas como recepcionista
    Gerenciar tarefas simultâneas pode ser um grande desafio para recepcionistas. Com diversas demandas e responsabilidades, é fácil se sentir sobrecarregado e perder o controle das atividades diárias. No entanto, com algumas estratégias de gerenciamento de tempo e organização, é possível manter-se produtivo e eficiente, mesmo em situações de alta pressão. Uma das principais dicas para…
  • Dicas para entrevistas de emprego para recepcionistas: como se destacar na seleção
    As entrevistas de emprego pode causar muita ansiedade para várias pessoas, especialmente para aqueles que estão procurando emprego na área de recepcionista. No entanto, com algumas dicas úteis, os candidatos podem se preparar adequadamente para a entrevista e aumentar suas chances de sucesso. A primeira dica importante é pesquisar sobre a empresa e a posição…
  • 10 Qualidades Indispensáveis para uma recepcionista profissional
    A recepcionista é o cargo que está a frente da empresa, sendo o primeiro contato do publico com o estabelecimento. E para desempenhar suas tarefas diárias é necessário algumas qualidades essenciais. Esta posição, por natureza, exige uma abordagem equilibrada entre habilidades pessoais e profissionais, pois o recepcionista precisa gerenciar tanto as expectativas dos visitantes quanto…
  • Onde uma recepcionista pode trabalhar? Descubra as opções de carreira para recepcionistas
    Uma recepcionista é uma profissional que trabalha na recepção de uma empresa, organização ou instituição para receber visitantes e clientes. Ela é a primeira pessoa que um visitante encontra ao chegar ao local e é responsável por fornecer informações sobre os serviços ou produtos oferecidos. Além disso, ela também pode ser encarregada de tarefas administrativas,…
  • Quais as funções de uma recepcionista? Conheça a profissão
    O papel do recepcionista é fundamental em qualquer empresa, seja ela pequena ou grande. Ele é responsável por ser o primeiro contato do cliente com a empresa e, por isso, deve ser capaz de transmitir uma imagem positiva e acolhedora. Mas quais são exatamente as funções do recepcionista? Em geral, o recepcionista é responsável por…
  • Como é o trabalho de uma recepcionista: responsabilidades e habilidades necessárias
    A rotina de uma recepcionista pode variar de acordo com o local que ele atua, mas geralmente suas tarefas de rotina estão sempre conectadas a funções administrativas e de organização. O trabalho de uma recepcionista é recepcionar e atender os clientes e visitantes, fornecendo informações, direcionando-os para a pessoa ou departamento correto e, em geral,…
  • Quantas horas tem a jornada de trabalho de uma recepcionista?
    A jornada de trabalho de um recepcionista é um aspecto fundamental que define tanto a dinâmica de seu cotidiano profissional quanto a qualidade de sua vida pessoal. Em diversas indústrias, a carga horária desses profissionais pode variar significativamente, influenciada por fatores como legislação trabalhista, demandas diárias e políticas internas das empresas. Neste texto, exploraremos detalhadamente…
  • Quanto ganha uma recepcionista: Salário médio e fatores que influenciam
    Uma das perguntas mais comuns que as pessoas fazem quando consideram entrar na profissão de recepcionista é “Quanto ganha uma recepcionista?” É uma pergunta importante, já que o salário é um fator chave na decisão de escolher uma profissão. A resposta para essa pergunta depende de vários fatores, como localização, experiência e habilidades específicas. De…
  • O que é necessário para ser recepcionista: qualificações e requisitos
    Para ser um recepcionista de sucesso, é necessário ter diversos requisitos e características. Além de ser capaz de lidar com pessoas e ter uma boa comunicação, é importante ter organização, capacidade de multitarefa e conhecimento em informática. O recepcionista é a primeira pessoa que os clientes ou visitantes encontram quando chegam a uma empresa ou…
  • O que é e como funciona o código Q?
    O Código Q é um conjunto padronizado de três letras que é usado para fazer perguntas pré-definidas em comunicações de rádio. Ele pode ser utilizado por porteiros, vigilantes e controladores de acesso para a comunicação dentro das dependências do local de trabalho. Ele também é amplamente utilizado por militares, polícia, serviços de emergência, aviação e…
  • Como funciona uma jornada de trabalho de 12×36: regras e direitos
    Uma jornada de trabalho de 12×36 é um modelo de trabalho que permite ao colaborador trabalhar por 12 horas seguidas e descansar nas próximas 36 horas. Essa jornada é comum em setores que necessitam de operação contínua, como saúde e segurança. Nesse modelo de trabalho, o colaborador trabalha por 12 horas seguidas, com um intervalo…
  • Qual a diferença entre porteiro e recepcionista: quais as funções de cada profissional?
    Porteiros e recepcionistas, apesar de terem funções relacionadas à segurança e atendimento possuem diferenças significativas entre as duas profissões. Ambos são profissionais que trabalham em empresas, condomínios, hotéis e outros estabelecimentos que necessitam de atendimento ao público. O porteiro é responsável por controlar o acesso de pessoas e veículos ao local onde trabalha. Ele deve…

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.