Hobbies podem valorizar o seu currículo?

Prime Cursos 21.11.2018

A maioria dos profissionais de recrutamento recomenda que as pessoas coloquem apenas as informações necessárias em seu currículo, ou seja, que adicionem somente o que for importante para a empresa. Se a empresa pedir foto, por exemplo, é importante adicionar uma foto, caso contrarío, basta manter as informações básicas. Provavelmente os recrutadores não irão recomendar que você coloque seus hobbies e gostos no currículo, pois além de ocupar espaço na folha, também pode tirar tempo do recrutador, que está interessado em suas informações profissionais. Mas você sabia que em algumas situações, os hobbies podem destacar e até valorizar um currículo?

O Google, por exemplo, está de olho nos hobbies adicionados nos currículos dos profissionais. Um ex-estagiário da empresa já contou que os recrutadores da empresa analisam detalhes pessoais dos candidatos no currículo.

Algumas empresas também podem gostar de ver que os hobbies do candidato são muitas vezes relacionados com o seu trabalho. Dependendo do tipo de hobby, pode ser interessante adicionar no currículo, e até fazer com que o candidato se torne mais “atrativo”. Afinal, os hobbies e gostos de um candidato dizem muito sobre sua personalidade.

Veja agora quais os 12 hobbies que valorizam o currículo:

Yoga

A Yoga é uma atividade excelente para quem deseja reduzir o estresse, ganhar flexibilidade e acalmar a mente. Se você pratica, pode demonstrar que é, ou está em busca de se manter calmo e controlado, além de aparentar que você lida bem com a pressão.

Esportes de aventura

Alguns esportes extremos de aventura, como paraquedismo, ciclismo de montanha, e escalada podem mostrar que você é uma pessoa disciplinada, que sabe calcular riscos, não teme o desconhecido e se sente confortável em superar limites. Essas atividades chamam a atenção dos recrutaadores, pois profissionais em posição de liderança devem ter essas características.

Produção de vídeo

Gostar de produzir e editar vídeos no tempo livre, pode ser um ponto positivo para os profissionais que estão em busca de emprego na área de produção ou planejamento de eventos. Isso pode mostrar que você é detalhista e focado, característica importante para profissionais que trabalham com evento. Saber fazer a transmissão ao vivo de eventos corporativos e conferências pode ajudar e muito no trabalho. Essa habilidade também pode destacar o profissional em muitas outras áreas.

Jardinagem

Gostar de jardinagem pode mostrar que você se importa com o meio ambiente, então para os profissionais que estejam procurando empregos na área de sustentabilidade e energia limpa isso pode ser uma vantagem.

Esportes de resistência

Participar de provas de resistência como triátlons, ciclismo, e maratonas, pode mostrar resistência, dedicação e resiliência. Essas qualidades podem ser benéficas para diversas áreas, como gerência de contas, cargos de vendas e desenvolvimento de negócios.

Instrumento Musical

Além de obter destaque nos empregos relacionados à música, colocar no currículo que você toca violino, por exemplo, pode aumentar seus pontos para cargos que exijam foco, criatividade e disciplina.

Ser capitão de um esporte em equipe

Ao participar de esportes em equipe, já é possível perceber que você consegue trabalhar bem com outras pessoas, ou seja, não tem problemas com o trabalho em equipe. Mas se você é o capitão do time, irá se destacar ainda mais pela característica de liderança. De acordo com estudos, quem pratica esportes competitivos geralmente acaba se dando bem em ambientes corporativos.

Ter um blog

Se você tem um blog pessoal e procura emprego na área de marketing ou comunicação, deveria adicionar essa informação no currículo. Isso pode te ajudar à conseguir um emprego, dependendo da empresa e do recrutador. Porém, é importante verificar se seu blog tem um conteúdo atual, é bem escrito, bem organizado e sem erros de português.

Viajar

Se você costuma viajar bastante e até considera isso uma paixão e um hobby, dependendo da área que está buscando atuar isso pode somar pontos. Um exemplo são as empresas de turismo, e mesmo que você não tenha experiência profissional nesse ramo, sua paixão por viagens pode mostrar que você tem interesse e experiência. E se foi você que organizou suas viagens, pontos extras!

Voluntariado

Como falamos no início do artigo, a forma como as pessoas gastam o seu tempo livre é um ótimo indicador para identificar características. Se você pratica o voluntariado, isso mostra que você gosta de ajudar, tem compaixão e é uma pessoa interessada em outras pessoas. Além disso, mostra também que você consegue se ajustar mais facilmente à cultura da empresa.

Fotografia

Se você gosta de fotografar pessoas, coisas e lugares, saiba que isso pode ser um ótimo diferencial para as áreas de marketing digital, publicidade e muitas outras. Essa atividade requer criatividade e paciência, então se você tiver algum site onde adiciona suas fotos, não deixe de colocar o link ou falar sobre isso na entrevista.

Outras atividades inusitadas

Qualquer atividade positiva que possa levar à uma conversa interessante deve ser incluída no currículo ou compartilhada durante a entrevista. Porém fique atento, nem tudo é interessante e algumas coisas podem ser vistas com maus olhos.

O hobby que você não deve adicionar no currículo: a leitura

Como assim? A leitura não é essencial para qualquer profissional se destacar? Pois é, por mais estranho que pareça, o recomendado é não adicionar a leitura como hobby no seu currículo. Ler é maravilhoso e traz diversos benefícios para todas as pessoas, porém isso não deve ser considerado um diferencial. A maioria das pessoas no mundo sabe ler, então isso não irá te destacar. Além disso, alguns recrutadores dizem que colocar essa informação no currículo, pode passar a impressão de que você passa a maior parte do tempo lendo, e que é uma pessoa solitária. É claro que isso não é verdade, e a leitura deveria ser um hábito adotado por todos. Mas, para evitar qualquer impressão, o melhor é não adicionar, mas sim falar na hora da entrevista se achar necessário.

Gostou do artigo? Deixe o seu comentário! 🙂

Prime Cursos

Leia Também

2 Comments

Luís Monteiro Oliveira

Muito obrigado, Prime! Mais um artigo no qual aprendo muito. Fiquei surpreso com a contraindicação para a leitura como hobbie. Pensava exatamente o contrário. É o meu hobbie preferido. “Vivendo e aprendendo”. Aprendi.

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *