o que é e para que serve a aromaterapia

O que é e para que serve aromaterapia?

A aromaterapia é uma técnica que tem se tornado cada vez mais popular no Brasil, embora poucas pessoas conheçam todos os seus benefícios. Por ser um procedimento totalmente natural, os aromas também são usados junto com medicamentos para potencializar o tratamento de enxaqueca, estresse e até ansiedade e depressão.

O objetivo principal desse tipo de terapia é tratar doenças do corpo ou mente por meio do estímulo mental com a ajuda do olfato, considerada uma medicina alternativa e natural. Seus benefícios não aliviam apenas os sintomas, mas também pode tratar a condição do paciente de forma bastante eficaz.

Apesar de ser uma técnica milenar usada no Egito, China, índia e Grécia há muitos anos, somente em 1964 a aromaterapia foi difundida por todo o mundo pelo químico francês René Maurice Gattefossé.

Confira a seguir mais sobre a técnica da aromaterapia e aprenda a utilizá-la no seu dia a dia.

O que é a aromaterapia?

A aromaterapia é a terapia que utiliza os aromas de óleos essenciais para aliviar sintomas e tratar doenças tanto da mente como do corpo, já que o olfato é altamente relacionado com os nossos sentimentos.

óleos para aromaterapia
a aromaterapia é uma técnica que usa as propriedades dos óleos essenciais

É a partir dos receptores olfativos que o sistema límbico do cérebro recebe as mensagens enviadas pelas propriedades desses aromas e então consegue agir de acordo com os sentimentos que são proporcionados: bem-estar, relaxamento, alegria e até tristeza.

O que são os óleos essenciais?

Os óleos essenciais usados na aromaterapia são substâncias orgânicas com perfumes extraídos das plantas, frutas ou ervas. Essas substâncias são denominados voláteis por evaporarem em temperatura ambiente, e são normalmente diluídos em álcool ou éter, além de não serem solúveis em água.

Quais são os benefícios dos óleos essenciais e da aromaterapia?

Um dos grandes benefícios da técnica da aromaterapia é alterar o humor do paciente por meio do olfato graças às substâncias odoríferas que são inaladas e ativam o mecanismo do sistema límbico.

É nesse sistema que nosso organismo processa as informações relacionadas ao nosso comportamento sociais e nossas emoções.

Porém, os efeitos não são limitados apenas à mente humana, sendo também benéfico fisiologicamente graças às ações bactericidas, antivirais, antigênicas etc dos óleos usados na técnica, que também usa a aplicação do óleo do corpo em alguns casos.

Por penetrar com facilidade na membrana celular, cerca de cem vezes mais do que a água, os óleos essenciais conseguem se dissolver nos lipídios do corpo e agir de forma mais eficiente.

Atualmente é comum que os medicamentos da medicina tradicional sejam ricos em compostos extraídos de óleos essenciais como o mentol e a cânfora, por exemplo.

Quais são as propriedades dos óleos essenciais?

As propriedades dos óleos essenciais dependem de quais são os grupos presentes no composto, mas os que mais são usados na técnica da aromaterapia são:

Terpenos

Os compostos do grupo terpenos têm ação antisséptica, antiviral, antiinflamatória e bactericida, atuando diretamente no processo de desintoxicação do fígado. Em conjunto, aumentam  a quantidade de oxigênio das glândulas endócrinas hipófise e pineal, que atuam diretamente na liberação de monoaminas.

limão
o óleo de limão é rico em terpenos

Esses compostos são encontrados principalmente nos óleos de limão, olíbano, pinho e camomila.

Ésteres

Os ésteres são fungicidas, antiespasmódicos e sedantes, usados principalmente para aliviar dores musculares e cólicas menstruais.

Os compostos estão presentes no óleo de lavanda, sálvia e bergamota.

Aldeídos

Também considerados sedantes e antissépticos, são principalmente anti-infeccioso, e podem ser usados diretamente na pele.

Encontrados em óleos de canela, capim-limão, citronela e melissa.

Cetonas

As cetonas são conhecidas principalmente por descongestionar as vias respiratórias em quadros de resfriado, asma e bronquite, e são encontradas em óleo de gengibre e funcho.

Álcoois

Os álcoois são antivirais, anti sépticos e ainda estimulam o sistema imunológico. Seu uso se dá principalmente para regenerar os tecidos e agir como um sedativo à dor.

Os compostos álcoois são encontrados no óleo de sândalo e gerânio.

Fenóis

Esses compostos são considerados excelentes anti-inflamatórios, bactericidas e desinfetantes, e são encontrados especialmente no óleo de cravo da Índia, tomilho e orégano.

Óxidos

Bactericidas e expectorantes, os óxidos podem ser usados em inalações para aliviar sintomas de gripes e resfriados e são encontrados em óleo de alecrim e melaleuca.

Ácidos

Por atuarem como antisséptico, antipirético e diurético os ácidos tratam febres e ainda inibem a proliferação de microorganismos. Encontrados nos óleos de melissa e benjoim.

melissa
o óleo de melissa é rico em ácidos

Vale lembrar que é necessário conhecimento na hora de usar esses óleos, já que as substâncias podem ser até 70 vezes mais concentrados do que as plantas das quais foram extraídas.

Em alguns casos podem provocar efeitos colaterais graves quando a quantidade utilizada é maior do que o necessário, e alguns óleos devem ser evitados completamente em gestantes como o de arruda e artemísia.

Como aplicar aromaterapia?

A aromaterapia pode ser aplicada de diversas formas diferentes, indo desde a inalação até as massagens, compressas e banhos aromáticos. Para cada uma dessas técnicas usam-se metodologias diferentes e é sempre importante consultar um especialista para verificar o objetivo da terapia e qual óleo está sendo usado.

Além do mais, grande parte dos óleos devem ser diluídos em um veículo, normalmente óleos vegetais como de amêndoas ou coco.

Porém, vale ressaltar que a diluição depende exclusivamente da finalidade do uso da aromaterapia.

Alguns óleos bactericidas e anti fúngicos podem até mesmo ser usados em um spray para higienizar o ambiente, como o caso do óleo de eucalipto, enquanto óleos calmantes como lavanda e camomila podem ser aplicados no travesseiro para ajudar em uma noite de sono mais tranquila.

Leia mais sobre as formas de aplicar aromaterapia clicando aqui!

Quais são os principais óleos da aromaterapia e para que servem?

  • óleo de alecrim: enxaqueca, dores musculares, cansaço mental e dificuldade de concentração;
  • lavanda: estresse, dor de cabeça e insônia;
  • canela: cansaço físico e mental, tonturas, cólicas menstruais e falta de concentração;
  • jasmim: falta de libido, tensão muscular e depressão;
  • bergamota: cólicas menstruais, ansiedade, depressão e má digestão;
  • camomila: depressão, insônia, tensão muscular e estresse;
  • eucalipto: problemas respiratórios, dores de cabeça, dores musculares e febre;
  • limão: ansiedade, dores estomacais, problemas digestivos, dor de cabeça e sistema imunológico debilitado;
  • sândalo: falta de líbido, tensão musuclar e estresse;
  • ylang-ylang: náuseas, ansiedade, estresse e dor de cabeça.

Agora que você viu o que é e para que serva a aromaterapia, comece a usar os óleos essenciais para garantir todos os benefícios dos compostos de cada aroma. Além disso, também é importante buscar ajuda profissional para usar cada essência de forma correta, a fim de conseguir todos os benefícios dos aromas de maneira mais eficiente.

Curso Grátis de Aromaterapia

Aromaterapia é um ramo da osmologia que consiste no uso de tratamento baseado no efeito que os aromas de plantas são capazes de provocar em um indivíduo. Em outras palavras, nada mais é que o uso de aromas e óleos de plantas como tratamento auxiliar.

E se você tiver interesse, não precisa gastar nada para aprender, a Prime Cursos oferece o Curso de Aromaterapia 100% Grátis, confira!

aromaterapia

Stories

Posts Recentes

  • Como a função do síndico profissional transforma seu condomínio?
    Um síndico profissional é um gestor especializado responsável pela administração de condomínios, seja residencial ou comercial. Diferentemente de um síndico residente, que geralmente é um morador eleito para administrar o condomínio de forma temporária e muitas vezes sem remuneração, o síndico profissional é contratado especificamente para essa função e é remunerado pelo seu trabalho. A…
  • Descubra Qual o Salário de um Síndico Profissional no Brasil
    Um síndico profissional é uma pessoa contratada para gerenciar e administrar um condomínio. Ele é responsável por garantir que o prédio esteja em boas condições, que os moradores estejam satisfeitos e que as finanças do condomínio estejam em ordem. Mas qual é o salário de um síndico profissional? De acordo com o site Salario.com.br, o…
  • Quais as vantagens de possuir uma recepcionista em sua empresa?
    Por muito tempo o papel principal da recepcionista dentro das empresas se restringia a atender o telefone e recepcionar os clientes. Hoje, esse profissional evoluiu para se tornar um elemento chave na criação de uma boa primeira impressão que clientes, parceiros e potenciais colaboradores têm da empresa. Assim, a presença de uma recepcionista habilidosa traz…
  • Modelo de Currículo Simples para Auxiliar de Escritório
    Se você concluiu o curso de Auxiliar de Escritório pela Prime Cursos do Brasil e está em busca da sua primeira oportunidade na área administrativa, temos uma excelente notícia para você! Desenvolvemos um modelo de currículo simples especialmente para quem já possui o certificado do curso, abrangendo todas as habilidades e conhecimentos adquiridos. Este modelo…
  • Guia: como gerenciar tarefas simultâneas como recepcionista
    Gerenciar tarefas simultâneas pode ser um grande desafio para recepcionistas. Com diversas demandas e responsabilidades, é fácil se sentir sobrecarregado e perder o controle das atividades diárias. No entanto, com algumas estratégias de gerenciamento de tempo e organização, é possível manter-se produtivo e eficiente, mesmo em situações de alta pressão. Uma das principais dicas para…
  • Dicas para entrevistas de emprego para recepcionistas: como se destacar na seleção
    As entrevistas de emprego pode causar muita ansiedade para várias pessoas, especialmente para aqueles que estão procurando emprego na área de recepcionista. No entanto, com algumas dicas úteis, os candidatos podem se preparar adequadamente para a entrevista e aumentar suas chances de sucesso. A primeira dica importante é pesquisar sobre a empresa e a posição…
  • 10 Qualidades Indispensáveis para uma recepcionista profissional
    A recepcionista é o cargo que está a frente da empresa, sendo o primeiro contato do publico com o estabelecimento. E para desempenhar suas tarefas diárias é necessário algumas qualidades essenciais. Esta posição, por natureza, exige uma abordagem equilibrada entre habilidades pessoais e profissionais, pois o recepcionista precisa gerenciar tanto as expectativas dos visitantes quanto…
  • Onde uma recepcionista pode trabalhar? Descubra as opções de carreira para recepcionistas
    Uma recepcionista é uma profissional que trabalha na recepção de uma empresa, organização ou instituição para receber visitantes e clientes. Ela é a primeira pessoa que um visitante encontra ao chegar ao local e é responsável por fornecer informações sobre os serviços ou produtos oferecidos. Além disso, ela também pode ser encarregada de tarefas administrativas,…
  • Quais as funções de uma recepcionista? Conheça a profissão
    O papel do recepcionista é fundamental em qualquer empresa, seja ela pequena ou grande. Ele é responsável por ser o primeiro contato do cliente com a empresa e, por isso, deve ser capaz de transmitir uma imagem positiva e acolhedora. Mas quais são exatamente as funções do recepcionista? Em geral, o recepcionista é responsável por…
  • Como é o trabalho de uma recepcionista: responsabilidades e habilidades necessárias
    A rotina de uma recepcionista pode variar de acordo com o local que ele atua, mas geralmente suas tarefas de rotina estão sempre conectadas a funções administrativas e de organização. O trabalho de uma recepcionista é recepcionar e atender os clientes e visitantes, fornecendo informações, direcionando-os para a pessoa ou departamento correto e, em geral,…
  • Quantas horas tem a jornada de trabalho de uma recepcionista?
    A jornada de trabalho de um recepcionista é um aspecto fundamental que define tanto a dinâmica de seu cotidiano profissional quanto a qualidade de sua vida pessoal. Em diversas indústrias, a carga horária desses profissionais pode variar significativamente, influenciada por fatores como legislação trabalhista, demandas diárias e políticas internas das empresas. Neste texto, exploraremos detalhadamente…
  • Quanto ganha uma recepcionista: Salário médio e fatores que influenciam
    Uma das perguntas mais comuns que as pessoas fazem quando consideram entrar na profissão de recepcionista é “Quanto ganha uma recepcionista?” É uma pergunta importante, já que o salário é um fator chave na decisão de escolher uma profissão. A resposta para essa pergunta depende de vários fatores, como localização, experiência e habilidades específicas. De…
  • O que é necessário para ser recepcionista: qualificações e requisitos
    Para ser um recepcionista de sucesso, é necessário ter diversos requisitos e características. Além de ser capaz de lidar com pessoas e ter uma boa comunicação, é importante ter organização, capacidade de multitarefa e conhecimento em informática. O recepcionista é a primeira pessoa que os clientes ou visitantes encontram quando chegam a uma empresa ou…
  • O que é e como funciona o código Q?
    O Código Q é um conjunto padronizado de três letras que é usado para fazer perguntas pré-definidas em comunicações de rádio. Ele pode ser utilizado por porteiros, vigilantes e controladores de acesso para a comunicação dentro das dependências do local de trabalho. Ele também é amplamente utilizado por militares, polícia, serviços de emergência, aviação e…
  • Como funciona uma jornada de trabalho de 12×36: regras e direitos
    Uma jornada de trabalho de 12×36 é um modelo de trabalho que permite ao colaborador trabalhar por 12 horas seguidas e descansar nas próximas 36 horas. Essa jornada é comum em setores que necessitam de operação contínua, como saúde e segurança. Nesse modelo de trabalho, o colaborador trabalha por 12 horas seguidas, com um intervalo…

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.