Qual é o salário de uma telefonista e qual o piso salarial nos estados brasileiros?

operador de telemarketing e telefonista

Hoje em dia o mercado de trabalho está em busca de profissionais que atuam nas mais variadas áreas da administração das empresas. Uma delas é a função de telefonista, responsável por atender e fazer ligações, além de muitas vezes também de desempenhar funções ligadas ao repasse de informações. A maior dúvida de quem deseja iniciar a carreira na profissional é a respeito de qual o salário de uma telefonista.

Assim como o assistente administrativo, o telefonista entra em uma empresa com grande potencial de crescimento, podendo mais tarde desempenhar funções de hierarquias maiores. Para isso, basta focar na carreira e estudar mais sobre o ramo, a fim de conseguir não só um salário maior, mas também cargos mais altos.

Confira a seguir qual o salário de profissionais que ocupam esse cargo dentro das empresas!

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

Qual é o salário de uma telefonista?

O salário de quem atua como telefonista, apesar de ser semelhante em vários estados brasileiros, tende a sofrer variações de acordo com a região e demanda por esse tipo de trabalho. Pensando nisso, separamos a média salarial da função de telefonista em cada estado brasileiro:

Acre

No Acre o piso salarial para quem quer atuar como telefonista é de R$1.045,00 e a média salarial para profissionais que atuam com uma carga horária semanal de 44 horas gira em torno de R$1.300, dependendo da formação e conhecimento.

Alagoas

Os alagoanos que desejarem ingressar nessa profissão podem ganhar até R$1.100 em um cargo que cumpra 38 horas semanais, dependendo da região e formação profissional. Nessa região brasileira, o piso para uma telefonista é de R$1.045,00.

Amazonas

Já no estado do Amazonas o salário médio tende a ser maior, ficando em uma média de R$1.200 para cargos de 40 horas por semana. Enquanto isso, o piso é de R$1.145,19 em quase todas as cidades, variando de acordo com a demanda da cidade.

Amapá

Para quem deseja se especializar em telefonista e trabalhar no Amapá, terá um piso salarial de R$1.339,67 e uma média de R$1.400 para cargos de 40 horas semanais. Nesse estado, porém, diferente da maioria das outras regiões, o salário da capital acaba sendo menor, já que a demanda é inferior a outras cidades da região.

Bahia

Para quem é da Bahia e deseja seguir carreira no ramo de telefonista, o estado oferece uma média salarial de R$1.200 em uma jornada de 35 horas semanais, com um piso salarial de R$1.179,66.

Ceará

Os cearenses que trabalham na área de telefonista dentro das empresas ganham uma média de R$1.130 trabalhando durante 38 horas na semana, e contam com um piso de R$1.077,45.

Distrito Federal

Trabalhar como telefonista no Distrito Federal pode ser vantajoso, já que a média nessa região é de R$ 1.200 em cargas horárias de 37 horas por semana, com um piso de R$1.077,64.

Espírito Santo

Os capixabas que trabalham atendendo telefones dentro das empresas chegam a ganhar uma média de R$1.200 por uma das menores cargas horárias dentro do setor, de 36 horas semanais. O piso para o cargo é de R$1.184,98.

Goiás

O estado de Goiás também é bastante vantajoso para quem quer ingressar como telefonista em uma empresa, com uma média salarial de R$1.200 em uma carga horária de 37 horas semanais e um piso de R$1.209,27.

Minas Gerais

Já em Minas Gerais, o salário de uma telefonista gira em torno de R$1.400,00 com uma jornada de trabalho de 34 horas semanais. Porém, o piso na região fica em R$1.326,36 e vale a pena se especializar na área para conseguir salários ainda maiores.  

Mato Grosso do Sul

Enquanto isso, no Mato Grosso do Sul, o piso salarial é equivalente a R$1.145,54, e uma média de acordo com as pesquisas feitas na região é de R$1.200 para 38 horas semanais, dependo da empresa, localização e da formação do profissional.

Mato Grosso

O salário médio no estado do Mato Grosso não é muito diferente, e fica na faixa de R$1.180 em uma carga horária de 39 horas semanais. O piso para o cargo nesta região do Brasil é de R$1.126,70.

Pará

No Pará o salário médio praticado pelas empresas nos cargos de telefonista é de R$1.200 para 34 horas semanais, e o piso é de R$1.189,02. Porém, dependendo do currículo do candidato e do desempenho profissional, esse salário tende a ficar maior de acordo com as qualificações.

Paraíba

Uma pesquisa com base em mais de 100 salários da região da Paraíba mostrou que a média salarial do estado é de R$1.150 para trabalhadores que atuam durante 40 horas semanais, enquanto o piso é de exatamente R$1.102,56.

Pernambuco

Para telefonistas que trabalham em uma jornada de 36 horas semanais, a média é de R$1.120 mensais, enquanto o piso para o cargo na região é de exatamente R$1.065,22.

o salário médio de uma telefonista em Parnambuco é de R$1.120
o salário médio de uma telefonista em Parnambuco é de R$1.120

Vale lembrar que o piso varia de acordo com a cidade no estado, podendo ser maior ou menor do que a média.

Piauí

Enquanto isso, no Piauí, quem quer trabalhar como telefonista com uma carga horária de 39 horas semanais recebe uma média de R$1.100, com um piso de R$1.047,21.

Paraná

No estado do Paraná, uma telefonista pode receber uma média de R$1.300,00 com uma carga horária de 34 horas semanais, dependendo da sua formação profissional e suas qualificações. O piso nessa região é de R$1.243,15.

Rio de Janeiro

No sudeste do país o salário tende a ficar maior, já que no estado do Rio de Janeiro quem atua nessa área tem uma média salarial de R$1.400 por 36 horas semanais trabalhadas, e um piso de R$1.481,20.

Rio grande do Norte

Com uma média salarial de R$1.200 para 37 horas semanais trabalhadas, o Rio Grande do Norte é um dos estados com um piso salarial bastante vantajoso para quem deseja ingressar na área administrativa, sendo de R$1.229,48.

Rondônia

O salário de uma telefonista em Rondônia tem uma média de R$1.190 por 40 horas semanais, com um piso de R$1.136,22. Esse piso pode aumentar dependendo da região, como no caso da capital do estado, Porto Velho.

Roraima

Já em Roraima, os trabalhadores desse cargo ganham, em média, R$1.060 por 41 horas semanais trabalhadas, com um piso de R$1.045,00.

Rio Grande do Sul

Para quem mora no Rio Grande do Sul e deseja atuar como telefonista, a média salarial da região fica em torno de R$1.300 em um cargo de 35 horas semanais, enquanto o piso para a função é de R$1.245,85.

Santa Catarina

Uma pesquisa feita analisando a média salarial dos trabalhadores de Santa Catarina que atuam como telefonistas mostrou que, quem deseja atuar na área nessa região ganha, em média, R$1.400 por 34 horas semanais, com um piso de R$1.326,92.

Sergipe

A região do estado de Sergipe tem um piso salarial de R$1.075,55, embora a maioria dos trabalhadores ganhem uma média de R$1.130 em um cargo de 39 horas semanais.

São Paulo

Em São Paulo a média salarial do cargo sobe para R$1.500 para quem atua como telefonista durante 37 horas semanais, e o piso chega a ser o segundo maior de toda a região do Brasil, de R$1.440,68.

O piso sobe ainda mais para a grande São Paulo, chegando a R$1.505,87.

Tocantins

Na região do estado de Tocantins, a média salarial gira em torno de R$1.150 para quem trabalha durante 39 horas da semana, e um piso de R$1.095,45 para quem está iniciando na área administrativa.

Leia também Qual é a função de uma telefonista?

Depois de ver qual o salário de uma telefonista de acordo com cada região do país, é importante ressaltar que essa média varia especialmente de cidade para cidade, e com base nas qualificações dos profissionais. Ou seja, quanto mais conhecimento e experiência na área você possuir, maior será o seu salário de acordo com o piso.

Curso de Telefonista Online Grátis

Com o Curso grátis de Telefonista da Prime Cursos do Brasil o aluno irá aprender como oferecer um bom atendimento telefônico, quais as principais tarefas e responsabilidades da profissão, quais são as regras para o bom atendimento telefônico, e muito mais!

O aluno também aprenderá:

  • Apresentação Pessoal
  • Cuidados com a voz
  • Como atender o telefone em inglês
  • E muito mais!
Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.