Como incluir a ginástica laboral no DDS?

Grupo de pessoas fazendo ginástica laboral

A ginástica laboral consiste na prática de uma série de exercícios de curta duração (10 a 15 minutos) durante a jornada de trabalho.

Em razão da importância da Saúde e Segurança no Trabalho (SST), a implantação do Diálogo De Segurança (DDS) em empresas se tornou essencial para garantir a qualidade de vida no trabalho.

Quer saber como a ginástica laboral pode ser incluída no DDS para beneficiar os colaboradores? Continue a leitura para entender o caminho a ser feito!

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime
Grupo de trabalhadores conversando
O uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) é essencial para garantir a segurança dos trabalhadores no ambiente laboral.

O que é Saúde e Segurança no Trabalho?

De acordo com o Ministério da Saúde, os locais de trabalho podem ocasionar comprometimento à saúde e segurança do trabalhador, em razão de:

  • Manipulação ou exposição a agentes físicos/químicos/biológicos
  • Situações de deficiência ergonômica ou risco de acidentes
  • Características de organização
  • Relações interpessoais
  • Exercício de atividade laboral

Por isso, os riscos supramencionados podem ser classificados em três tipos:

RISCOS AMBIENTAIS

FÍSICOS – São fatores ou agentes do ambiente laboral como, por exemplo: ruídos, radiações, temperatura local, vibrações;

QUÍMICOS – São um grande número de substâncias que podem contaminar o ambiente laboral como, por exemplo: produtos químicos, vapores, gases, poeiras;

BIOLÓGICOS – São associados ao contato do trabalhador com o microrganismo como, por exemplo: fungos, parasitas, bactérias, vírus;

RISCOS ERGONÔMICOS

Relacionados à execução de tarefas, organização, relação interpessoal, mobiliário, ritmo de trabalho, esforço físico intenso, situações de estresse, monotonia, jornada de trabalho prolongada…

RISCOS DE ACIDENTES

Relacionados à ferramentas impróprias/defeituosas, armazenamento impróprio, animais peçonhentos, não uso de equipamento de proteção, probabilidade de incêndio/explosão…

Desse modo, é de suma importância o uso de proteção individual e coletiva para prevenir doenças e acidentes provenientes do ambiente e/ou função laboral.

O que é Qualidade de Vida no Trabalho?

Como visto na obra de Laila Leite Carneiro, a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) é “essencial para que os trabalhadores desenvolvam o seu melhor potencial e atinjam o seu melhor desempenho“. Aplicando-se a prática em âmbito organizacional e do trabalho, resulta em benefícios para a relação entre empregadores e empregados.

A denominada síndrome de Burnout é resultado da ausência de qualidade de vida no trabalho. De acordo com notícia publicada pela CNN Brasil, a enfermidade é caracterizada em três dimensões “A primeira delas é a sensação de exaustão ou falta de energia. A segunda são sentimentos de negativismo, cinismo ou distância em relação ao trabalho. A terceira é a sensação de ineficácia e falta de realização“.

Cada ambiente laboral possui suas especificidades e, por isso, os parâmetros de qualidade de vida no trabalho precisam ser adequados em dimensões psicológicas, individuais e organizacionais.

Em razão do teor assistencialista, há ferramentas como o Diálogo De Segurança (DDS) para auxiliar na manutenção da saúde e bem-estar dos colaboradores. Realizado por meio de uma conversa acerca de temas diversos, é possível conscientizar os trabalhadores dos riscos no trabalho e formas de prevenção.

O que é Diálogo De Segurança?

O Diálogo De Segurança (DDS) é uma ferramenta do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança em Medicina do Trabalho (SESMT), sendo este regulamentado pela NR-4, utilizada para prevenção de acidentes e doenças ocupacionais dos profissionais.

Utilizando como exemplo, há previsão do DDS no item 1.4.1. da NR-1, sendo mencionado o dever do empregador de informar aos trabalhadores (i) os riscos ocupacionais existentes no local do trabalho; (ii) meios de prevenir/limitar tais risco e medidas adotadas pela empresa.

Como funciona o DDS?

Por meio de diálogos de curta duração (10 a 15 minutos), o empregador aborda temas para conscientizar os empregados dos riscos e medidas de prevenção. A conversa deve acontecer antes do início da jornada de trabalho, próxima ao local onde os empregados exercem suas funções laborais.

Importante ressaltar que o DDS deve ser registrado com as respectivas informações (tema, data, duração, local, participantes…) para possibilitar acompanhamento do empregador no tocante de assuntos que já foram abordados.

Quais são os benefícios do DDS?

A implantação dessa ferramenta pode trazer diversos benefícios como redução de acidentes de trabalho, contribuição para saúde física e mental do empregado, integração dos trabalhadores locais, dentre outros.

3 Sugestões de temas para DDS

  1. Saúde mental: Esse tema passou a ser mais abordado durante a pandemia do COVID-19 por diversos motivos, tais como: home office; quarentena; fatores econômicos e sociais; síndrome do burnout. Assuntos voltados para transtornos (ansiedade, depressão, TDAH) também podem ser adequados ao tema.
  2. Primeiros socorros: Com auxílio da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), sendo esta prevista na NR-5, o empregador pode abordar informações úteis para prevenir acidentes e doenças ocupacionais.
  3. Ergonomia: Assim mencionada na NR-17, a Ergonomia é utilizada para adaptar as condições laborais de acordo com as características do colaborador, proporcionando conforto, segurança, saúde e desempenho eficiente. Ao abordar esse tema, é possível incluir a ginástica laboral como uma solução em face dos riscos ergonômicos.
Grupo de pessoas fazendo ginástica laboral

Qual a relação entre a ginástica laboral e ergonomia?

A denominada “doença ocupacional”, prevista na Lei n. 8213/91, é conceituada como aquela “produzida ou desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar a determinada atividade e constante da respectiva relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social“.

Podemos listar alguns dos exemplos dessa enfermidade: distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT); lesões por esforços repetitivos (LER); dorsalgias; doenças psicossociais. Em razão disso, é possível constatar a ligação entre doença ocupacional com o risco ergonômico.

Como forma de prevenção/diminuição do risco ergonômico, uma alternativa é a prática de exercício físico no início, meio ou fim da jornada de trabalho – conhecida como ginástica laboral.

O que é a ginástica laboral?

A ginástica laboral é definida como uma série de exercícios com objetivo de garantir o bem-estar do colaborador no ambiente de trabalho. Os exercícios de curta duração consistem em técnicas de alongamento, fortalecimento, relaxamento e coordenação motora.

A ginástica laboral pode ser incluída no Diálogo de Segurança (DDS)?

Ao escolher a ergonomia como um assunto a ser abordado no DDS, a ginástica laboral pode ser incluída como uma alternativa face aos riscos ergonômicos. Assim, com auxílio de um profissional qualificado, a técnica será aplicada de forma benéfica aos empregados em âmbito físico, fisiológico, psicológico e social.

Curso de Ginástica Laboral Grátis

O Curso Grátis de Ginástica Laboral é um curso totalmente gratuito para qualificação profissional, onde o aluno aprenderá todos os conhecimentos fundamentais que a profissão requer, seja você um colaborador interessado em praticar os exercícios, ou profissional da área buscando especialização na técnica abordada.

Curso de Ginástica Laboral

Neste curso você irá aprender ferramentas fundamentais para o seu sucesso na profissão, são elas: história; classificações; a ginástica e a prevenção de doenças ocupacionais; os principais tipos e as causas das doenças ocupacionais; benefícios da ginástica laboral; ginástica laboral preparatória, compensatória, corretiva e de relaxamento; benefícios do alongamento; alongamento no local de trabalho; como implantar um programa de ginástica laboral.

Cursos Gratuitos com Certificado da Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.